Masterchef

Ana Karina, do MasterChef 2021, tem 11 gatos e é cirurgiã oftalmologista

Se levar o prêmio, pernambucana quer abrir um café e reverter as vendas para ajudar animais de rua

Stefani Sousa e Fernanda Frozza 01/07/2021 • 15:50
Ana Karina é participante da oitava edição do MasterChef
Ana Karina é participante da oitava edição do MasterChef
Carlos Reinis/Band

Quem nunca precisou de um empurrãozinho para sair da zona de conforto? Foi exatamente assim, depois do conselho, que a cirurgiã oftalmologista Ana Karina, de 40 anos, decidiu se inscrever para a oitava edição do MasterChef. Apesar de amar gastronomia, isso nem passava pela cabeça dela, que acreditava ser tímida demais para viver uma competição na TV. “Um amigo disse que ia se inscrever também, que ia mandar o vídeo, mas depois desistiu. Ele fez isso só para me estimular. Quando me selecionaram, não acreditei.”, conta em entrevista ao Band.com.

A novidade é mais uma entre as várias pelas quais a cozinheira tem passado. Nascida no Recife, ela já morou em Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Inglaterra e, depois do fim do casamento, voltou para a  casa dos pais na sua terra natal. Enquanto a reforma do seu novo apartamento não termina, a médica segue com todos os utensílios encaixotados e seus 11 gatos (sim, praticamente um time de futebol), os quais ela chama carinhosamente de filhos. 

Os bichinhos, aliás, são a grande motivação de Ana Karina para dar o seu melhor na disputa. Ela trabalha em uma clínica com com os pais e irmã, que têm a mesma profissão, e em um hospital público, onde tem muitos gatos abandonados. “Sou protetora. Comecei um projeto e hoje conto com alguns voluntários. É verdade que a população na minha casa aumentou, mas se todo mundo fizer um pouquinho, a situação já muda”, defende.

Se levar o prêmio para casa, a pernambucana pretende abrir um “Cat Café”, estabelecimento que tenha café, felinos e delícias da confeitaria. E a ideia é que toda venda seja revertida para ajudar gatos de rua. Os planos não param por aí! Depois de passar pelo programa, a médica quer também começar um canal no Youtube com suas dicas de culinária, uma paixão que tem desde a infância, mas demorou para colocar em prática.

Ana Karina era o tipo de criança que chamava a grama de salada e montava bolos de mentirinha com a terra. Mas, diferentemente de alguns participantes do talent show, não se arriscou nas receitas desde cedo. “Não tive influência dentro de casa porque minha mãe detesta cozinhar, só aprendeu na marra depois que casou. E achava que cozinha não era lugar de criança”, explica.

Quando a participante finalmente conseguiu fazer os primeiros bolos, não teve muito sucesso. “Falavam que eu estava desperdiçando ingrediente”, lembra. Mas a prática leva a perfeição, não é mesmo? Com o tempo, os pratos e docinhos foram ficando melhores. E quando a médica foi morar sozinha, fazia questão de cozinhar para os amigos. Um deles, aliás, aprovou tanto as receitas que foi o que a incentivou a fazer a inscrição para o programa. 

A ideia que pareceu loucura no início se tornou realidade. E mesmo que se ache tímida para o talent show, ela sabe bem sobre tudo o que acontece na disputa. Quando se divorciou, durante uma fase difícil, passava horas assistindo ao MasterChef de vários países. Depois de um tempo, o fim do relacionamento foi superado e o que cresceu foi o amor pela gastronomia. “Gosto de comer bem e fico muito contente também quando os outros comem minha comida”, conta ela, que é muito autocrítica com seus pratos, mas está animada para mostrar todo seu talento na cozinha mais famosa do País.

Pronto, o empurrão foi dado. Agora, a lista de planos de Ana Karina está mais do que definida: terminar a reforma do novo apartamento, vencer o MasterChef, abrir seu café e ajudar todos os gatos que puder . Tudo pronto, vamos!

  • ana karina
  • masterchef
  • ana karina
  • oitava temporada