Masterchef

Ana Paula Padrão treina todo dia para encarar as gravações do MasterChef: "É uma maratona"

Nos bastidores, apresentadora conta que é preciso manter o bom humor, se preparar emocionalmente e ter o corpo forte para o cansaço não tomar conta

Fernanda Frozza e Stefani Sousa 10/07/2021 • 14:43 - Atualizado em 12/07/2021 • 13:13
Ana Paula Padrão fala sobre a maratona de gravações do MasterChef Brasil
Ana Paula Padrão fala sobre a maratona de gravações do MasterChef Brasil
Carlos Reinis/Band

Depois de 7 anos no comando do MasterChef, Ana Paula Padrão sabe que precisa se preparar psicologicamente e fisicamente para encarar os meses de gravação. Dessa vez, com as novas dinâmicas do jogo da oitava temporada, ela explica que os estudos começaram muito antes que de costume e que faz questão de se exercitar todos os dias para manter corpo e mente fortes. A missão é entregar o seu melhor para o público.

“O preparo é mais emocional do que físico. Eu estou bem fisicamente, treino todo dia mesmo em período de MasterChef, treino todo dia para o cansaço não bater fisicamente em mim. Mas acho que o grande preparo é emocional”, conta nos bastidores em entrevista ao Band.com.

De acordo com ela, essa tem sido a melhor temporada que viveu até agora, mas também a mais exigente, para o elenco e também para os jurados. “Não é fácil porque os participantes têm que estar sob tensão o tempo inteiro, faz parte da mecânica do jogo, mas a gente [elenco] fica tenso também. O período de gravação é muito intenso, para manter a pressão alta a gente tem que fazer essas gravações com muita intensidade. É importante manter o humor o tempo inteiro. É uma maratona, não é uma corrida de 100 metros”, diz.

Além de toda a tensão que já conhecemos no jogo, essa edição veio com gosto especial porque tem novas regras no jogo, a chegada de Helena Rizzo no time de jurados e a volta às origens do talent show. Tudo isso, para a apresentadora, faz com que pareça uma reestreia, o que aumenta o frio na barriga e torna o desafio ainda maior.

Mas nada com que Ana não consiga lidar! Acostumada a fazer a contagem regressiva durante as provas, ela sabe o quanto é necessário respeitar o tempo também nos bastidores. Depois do episódio de estreia, ela conta que é preciso respirar fundo e se fortalecer mentalmente e fisicamente para não “queimar a largada”. “Se você gastar tudo no início, chega na metade exausto e emocionalmente muito cansado. Eu encaro como uma maratona, tem que no começo se poupar emocionalmente para chegar muito bem ao final.”

  • masterchef brasil
  • ana paula padrão