Masterchef

Henrique Fogaça dá dicas para quem quer se tornar chef: “Não tem glamour, é um trabalho braçal"

Stefani Sousa 12/01/2021 • 11:06 - Atualizado em 31/03/2021 • 12:32
A temporada 2021 do MasterChef está com inscrições abertas
A temporada 2021 do MasterChef está com inscrições abertas
Carlos Reinis/Band

Cursar gastronomia e trabalhar na cozinha de um grande restaurante é o sonho de muitos cozinheiros amadores pelo País. Impressionar um dos jurados do MasterChef pode ser a oportunidade de ouro para alguns, mas Henrique Fogaça garante que, quem deseja mesmo se dedicar ao universo culinário, deve ir além. “Não tem glamour, é um trabalho braçal, feito em um ambiente quente e de risco, em que você se queima e se corta”, pontua. 

#leiamais#

Para o jurado, ter experiência é o que faz um bom profissional. Em entrevista exclusiva ao Portal da Band, ele compartilha dicas valiosas para uma carreira de sucesso. “É preciso fazer estágio, só assim para sentir como é o dia a dia. A galera faz faculdade de gastronomia, se diz chef, mas nunca entrou dentro da cozinha de um restaurante. Quando vão pela primeira vez é que percebem que o barato é louco.” 

Ao analisar a rotina intensa de trabalho, o paulista vai além e garante que a profissão exige certas renúncias. “Enquanto todo mundo está se divertindo, você está trabalhando, vai fechar a cozinha meia noite e ainda tem que limpar tudo e recolher o lixo”, alerta. 

Fogaça faz ainda uma importante reflexão para os cozinheiros amadores que sonham participar do talent show. “O que a pessoa quer? Ela precisa saber se vai entrar no programa para aparecer na televisão e tirar uma onda ou se vai realmente aproveitar a oportunidade e  virar a chavinha, mudar de vida.”

Aos que realmente vão à cozinha, ele orienta: “Desejo que aproveitem ao máximo a experiência. Fiquem de olho no que a gente fala, vivam o presente e plantem o futuro. Guardem o que terão a oportunidade de viver lá e vejam como usar os aprendizados da melhor forma  possível”.

  • Henrique Fogaça
  • chef