Masterchef

Jason quer mostrar culinária criativa no MasterChef: “Tesão pela culinária”

O engenheiro civil de 40 anos é de Santa Catarina e quer provar que, ao contrário do pai, manda muito bem na cozinha; leia a entrevista:

Amanda Caroline e Stefani Sousa 10/05/2022 • 13:01 - Atualizado em 11/05/2022 • 17:36
Jason é participante do MasterChef Brasil
Jason é participante do MasterChef Brasil
Divulgação/Band

Tal pai, tal filho? Jason, de 40 anos, um dos participantes da nova temporada do MasterChef Brasil, quer provar que a expressão popular está errada. O motivo? “Sempre digo que foi meu pai quem me ensinou a cozinhar. Ele cozinha tão mal, mas tão mal, que me obrigou a ir para a cozinha quando eu era pequeno. Essa é a minha história”, brinca o empresário do ramo de engenharia civil de Palhoça, Santa Catarina, em entrevista ao Band.com.br.

Pai de duas meninas, Cecília e Catarina, Jason está longe de ser como o pai: doutor em cozinhar mal, como ele mesmo diz. “Sou eu que faço tudo em casa. O almoço, o jantar… Sou muito ligado à comida. Faço feira até três vezes por semana”, conta. 

O MasterChef Brasil estreia dia 17 de maio de 2022, às 22h30, na Band TV, no site e aplicativo BandPlay

Culinária criativa

O catarinense é a pessoa que os amigos gostam de convidar para as reuniões, justamente para cozinhar, é claro! “Gosto de criar pratos para os amigos. Adoro essa brincadeira”, conta Jason. Ele dificilmente repete uma receita e tenta sempre ir além do trivial. Fã de churrasco e compotas, promete soltar toda a sua criatividade na competição. 

Sua habilidade de aproveitar os alimentos ao máximo é seu grande trunfo no dia a dia e também pode ser uma vantagem no programa. “Tenho um apego muito grande a não jogar as coisas fora. Me obrigo a cozinhar literalmente quando vejo algo ‘passando’. Como não jogo nada fora, sempre faço algo. Se é uma fruta, eu pico, congelo… Sou muito prático nesse sentido”, garante.

“Sinto muito tesão pela culinária. Essa é a palavra”, dispara. “Meu ponto forte são os preparos. Crio temperos, faço limão confitado com sal grosso… Claro que não terei esse tempo no MasterChef, mas vou brincar”, diz.

A bagunça pode ser seu ponto fraco na competição. “Tenho uma habilidade enorme de empilhar panelas, mas eu resolvo”, afirma. Porém, Jason está pronto para se reinventar de forma geral na competição. “Sei que isso aqui vai ser um desafio enorme para mim, tanto psicologicamente quanto criativamente”, finaliza.