Masterchef

Apaixonado por adrenalina, Mário aposta tudo no MasterChef Brasil 2022

O veterinário carioca de 33 anos adora correr riscos e seu novo desafio é a maior competição culinária do mundo! Conheça mais sobre o cozinheiro amador:

Amanda Caroline e Stefani Sousa 10/05/2022 • 13:02
Mário é participante do MasterChef Brasil
Mário é participante do MasterChef Brasil
Divulgação/Band

O carioca Mário, de 33 anos, é viciado em adrenalina. O veterinário de Niterói ama praticar esportes como jiu jitsu, wakeboard e rapel, além de se dedicar a corridas de cavalos. Mas, agora, seu novo desafio é o MasterChef Brasil 2022. O participante, que aprendeu a cozinhar com as avós, tem interesse pela culinária desde criança e está disposto a desenvolver suas técnicas na competição.

“Quando pequeno, tinha intolerância ao leite. Então, todos os meus primos podiam comer as coisas, menos eu. Por isso, comecei a cozinhar para mim. Aos fins de semana, minha avó sempre preparava um banquete e eu estava lá, ao lado dela, perguntando como poderia ajudar”, conta em entrevista ao Band.com.br.

Aos 18 anos, quando Mário foi morar sozinho, comer em casa se tornou uma maneira de economizar. Ele pegou o jeito, o gosto e, hoje, cozinhar é uma válvula de escape. “Minha rotina pode ser pesada demais às vezes, aí eu relaxo na cozinha. Nos últimos dois anos, aprendi a fazer coisas mais ‘difíceis’”, diz sobre seu desempenho.

Mário acompanhou a última temporada do MasterChef Brasil e pensou que não teria capacidade de participar do talent show por conta do alto nível dos participantes. “Mas uma amiga minha falou ‘cara, você tem que se inscrever’ e me mandou o link da inscrição. Isso despertou minha curiosidade”, explica. E não é que deu certo?!

O MasterChef Brasil estreia dia 17 de maio de 2022, às 22h30, na Band TV, no site e aplicativo BandPlay

Tranquilidade na cozinha

O veterinário garante que seu grande trunfo na cozinha é a tranquilidade, já que tem facilidade de lidar com situações de pressão. “Sou um cara que tenta pensar e criar dois ou três planos, pelo menos, caso algo dê errado”, afirma. Seu ponto forte é o preparo de frutos do mar. “Gosto muito de polvo e acho que é uma coisa que as pessoas têm muito medo. Domino o ponto de cocção e eu adoro comer”, completa.

Mas o fato de lidar bem com a adrenalina e gostar de se arriscar pode ser um “tiro no pé” de Mário – e ele mesmo sabe disso. “Não fico nervoso e gosto de executar as coisas logo. Não sei se isso combina tanto com a cozinha, mas acho que é algo que tenho que prestar atenção”, finaliza.