Masterchef

Jacquin revela o que nunca viu ser feito no MasterChef e como ganhar o programa

“Simplicidade. Um prato simples e bem feito, com bons produtos escolhidos no mercado, e rápido. Nunca vi ninguém fazer”, afirma o chef; MasterChef estreia nesta terça, dia 17

Da redação 17/05/2022 • 10:48 - Atualizado em 17/05/2022 • 11:21
Erick Jacquin
Erick Jacquin
Melissa Haidar/Band

Erick Jacquin está pronto para puxar a orelha dos participantes da nova temporada do MasterChef, que estreia nesta terça-feira (17) na Band. Em conversa com o Band.com.br, o chef diz o que nunca viu ser realizado na cozinha do programa, que exibe a nona edição com amadores.  

“Simplicidade. Um prato simples e bem feito, com bons produtos escolhidos no mercado, e rápido. Nunca vi ninguém fazer”, afirma.  

MasterChef estreia hoje (17) às 22h30 na Band TV com transmissão simultânea no site e BandPlay

Jacquin espera que os participantes desta temporada se arrisquem mais: “Estou de ‘saco cheio’ de ver arroz todos os dias. Não estou aqui para mostrar para o Brasil o que é arroz porque todo mundo come isso todos os dias. Também tem muita farofa. É legal farofa, mas uma vez. Não quero que as pessoas repitam os pratos”.

Quero inovação, criatividade, mas ao mesmo tempo simplicidade. E a simplicidade é a coisa mais difícil de fazer, assim como rapidez e organização. O participante que tem isso vai vencer o ‘MasterChef’ porque tem que ser muito mais simples do que as pessoas imaginam.
 


Qual o segredo para vencer o MasterChef, Jacquin?
 

Quem deseja vencer deve ser muito positivo com os outros, não dar muita moleza, ser respeitado, mas sem diminuir os outros. Ninguém se valoriza falando mal de alguém, mas, sim, trabalhando bem, fazendo o melhor, e tem muita gente que quer se valorizar olhando o trabalho dos outros.  

Ele tem grandes expectativas para este ano. “Quero que esse MasterChef amador seja mais profissional. Vou chamar de ‘profissional amador’. Às vezes, tem amadores que são autodidatas e muito melhores que um profissional. É isso que quero ver”, ressalta.

Assista à nova abertura do MasterChef:
 

 

O que esperar do Jacquin na nova temporada


Erick Jacquin não é econômico nas críticas aos participantes. Neste ano, ele acredita que estará ainda mais afiado.  

“Acho que no último programa eu fui muito tranquilo, mais sossegado, então agora serei muito mais exigente. A pessoa que entra no ‘MasterChef’ hoje tem que saber muita coisa, deve conhecer bem a cozinha. Não precisa mais explicar o que é mise en place, ensinar a fazer as compras no mercado. Não pode pegar mil produtos, só mesmo o que ela vai usar”, diz.  

O chef também afirma que está cansado de ouvir dramas familiares dos cozinheiros amadores. Para ele, muitas vezes esta é uma estratégia usada para amolecer os corações dos jurados.  

“Não gosto das pessoas que falam da família, isso não me convence nem um pouco. Estou aqui para comer bem. Não estou aqui para avaliar o pesadelo da família. Ninguém me pega por esse tipo de sentimento”, dispara.  

Gosto de pessoas que se interessam, que conhecem a história da cozinha e que não fazem qualquer coisa para aparecer. Gosto das pessoas que sabem jogar e falar: “Eu vou ganhar. Vou vencer”. Que são vencedores.