Masterchef

Raquel é eliminada do MasterChef e Ana Paula Padrão chora: "Vai ser bem recebida na Bahia"

Participante deixou o programa após entregar ovos beneditinos com molho ácido e com pouco sal; veja entrevista exclusiva

Stefani Sousa 27/10/2021 • 00:34 - Atualizado em 27/10/2021 • 00:57
Raquel é eliminada do MasterChef e Ana Paula Padrão chora
Raquel é eliminada do MasterChef e Ana Paula Padrão chora
Carlos Reinis/Band

Uma mistura de ‘tudo é possível’ com ‘não vamos criar expectativa’. Assim Raquel descreve a sensação de ser eliminada do MasterChef Brasil. A baiana, de 35 anos, deixou o programa nesta terça-feira (26) após desempenho mediano na prova do ovo. No último round da disputa, ela entregou ovos beneditinos com molho ácido e pouco sal. Os detalhes fizeram a diferença na escolha dos jurados, que foi bastante acirrada. O resultado da disputa emocionou os participantes e fez até mesmo Ana Paula Padrão chorar.  "Vai ser bem recebida na Bahia", disse a apresentadora.

Não ter feito algo ‘incomível’ alegra Raquel. Em entrevista ao Band.com, ela abre o coração e conta como sua passagem no programa foi significativa e transformadora. “Eu não queria passar vergonha. Acho melhor sair por uma diferença pequena do que entregar algo ruim. Olho o copo meio cheio e acho que fiz algo bom.”  

Raquel consegue contar nos dedos quantas provas de eliminação fez ao longo da temporada. “Eu fui para poucas provas e tentei não ficar nervosa. Não crio hipóteses, vou lá e vejo o que acontece”, reflete. Sua tranquilidade no jogo se manteve até mesmo no momento da despedida. “Penso que se eu não estiver calma, posso perde muito rápido o ponto das coisas. Eu incorporei um personagem, alguém que não estava nervoso.” 

Mas nem sempre foi assim. Ela revela que, quando entrou na competição, uma das etapas mais difíceis foi lidar com o julgamento. “No início eu ficava muito mais tensa. Depois, tentei olhar para os chefs e lembrar que todo mundo é humano, todo mundo erra, ninguém é perfeito. Eu não posso controlar o que vão achar de mim, mas eu sei quem eu sou e sei do meu valor.”  

Valor que foi notado pelos colegas de confinamento. Dos 16 eliminados antes dela, quase todos deixaram o programa citando a baiana como uma amiga querida. Ela concorda que as amizades serão levadas para a vida: “Nós todos temos personalidades muito diferentes, mas fizemos um bom caldo. É como se o programa nos unisse, mas ficasse de plano de fundo para as relações que foram criadas”. 

Depois de anos como analista financeira, ela planeja agora migrar de carreira e transformar sua paixão pela comida em trabalho. “É a primeira vez que eu literalmente tento algo nessa área. Gostaria muito de aprender mais e ter mentores, mas não sei se me vejo como chef. Por mais que eu goste de cozinhar, gosto de gente. Se eu pudesse mesclar essas duas coisas, seria o ideal.”   

Reflexiva, Raquel leva importante lições do MasterChef. São coisas em que ela já acreditava, mas validou nos últimos meses. “A gente tem 35 vidas em uma só, nunca é tarde pra fazer algo que agostamos. Além disso, sempre se escolha no final das contas... Eu não mudaria nada na minha trajetória e o meu maior orgulho é ter pulado no vazio. Quero exercitar a gratidão.” Anotado! 

Saiba tudo o que rolou no 17º episódio de MasterChef  

Duelo de gigantes  

Chá vermelho, verde, preto, branco e chai latte foram os protagonistas do MasterChef desta terça-feira (26). Em duelos, os cozinheiros tiveram que harmonizar a bebida com pratos saborosos e agradar o paladar dos jurados e de Ronnie Von, convidado especial da noite. O melhor garantiu vaga no mezanino, enquanto o pior foi direto para a eliminação. 

Escolha bem seus oponentes...  

Por ter vencido a última prova, Eduardo escolheu com que tipo de chá cada competidor deveria cozinhar. Ele também definiu as duplas e chamou Kelyn para um embate. Os dois preparam receitas com chá vermelho e a mato-grossense foi eleita a melhor da noite. Além dela, Daphne, Isabella, Heitor e Helena subiram para o mezanino.     

Deu ovo!  

Na 2ª etapa do jogo, 3 rounds de ovo definiram o destino de Eduardo, Tiago, Raquel, Luiz e Ana Paula. Nos primeiros 20 minutos, os cozinheiros tiveram que preparar ovo molet empanado. Eduardo e Tiago foram os melhores e deixaram a prova. Enquanto isso, Ana Paula chorou por não conseguir entregar a receita.   

O adeus de Raquel 

Shakshuka foi a receita seguinte e deu, para Luiz, uma nova chance no jogo. Na prova final, Raquel e Ana Paula prepararam ovos beneditinos. A baiana foi eliminada por critérios minuciosos que definiram o episódio.