Masterchef

Thalyta é especialista em cozinha francesa e quer agradar Jacquin no MasterChef

Cozinheira profissional há 12 anos, Thalyta mora em Santa Catarina e tem experiência de trabalhos na França e no Canadá

Por Stefani Sousa

Thalyta é participante da 4ª temporada do MasterChef Profissionais Renato Pizzutto/Band
Renato Pizzutto/Band

Thalyta Koller é uma caixinha de surpresas. Aos 30 anos, a cozinheira fala francês, já trabalhou no exterior, é entusiasta da gastronomia vegetariana e chega ao MasterChef Brasil para testar novas possibilidades. Especialista na culinária francesa, ela garante que agradar o paladar de Erick Jacquin “pode ser um desafio”. 

“Ele é bem certinho nas técnicas, mas vou tentar usar isso ao meu favor. A Helena Rizzo também tem uma linha de cozinha parecida com a minha.” Determinada, a participante promete entregar muito conteúdo caso o chef a chame para uma conversa. “Francês ama falar francês, gosta de gastar, então se ele quiser, eu falo também”, brinca entusiasmada em entrevista ao Band.com.br

A quarta temporada do MasterChef Profissionais estreia na terça-feira, dia 13 de setembro, na Band, às 22h30, com transmissão simultânea no site e BandPlay.  

Thalyta nasceu em Porto Alegre (RS), mas foi criada em Florianópolis (SC) desde os 12 anos. Quando criança, sonhava em ser médica, mas foi na adolescência que começou a passar mais tempo na cozinha. “Nunca me imaginei trabalhando com isso, mas, quando decidi seguir a profissão, me encontrei. A gastronomia me escolheu.” 

Cozinhando pelo mundo... 

Em 2010, no mesmo ano em que se formou, a gaúcha seguiu o conselho de uma professora que conheceu no curso técnico e,  após 1 ano estudando francês, foi com uma amiga rumo a Paris para estagiar por 3 meses no Café de la Paix, um clássico restaurante do século 18. “Os chefs eram maravilhosos, passamos por todos os setores da cozinha. Fui querendo trabalhar com confeitaria, mas, como o lugar pertencia a um hotel, aprendi em diferentes setores. Foi muito legal, bem completo”, reflete. 

De volta ao Brasil, Thalyta investiu em mais cursos e continuou trabalhando. “Os meus chefes dessa época são meus amigos até hoje. Come eles, aprendi muita coisa e nem falo de técnica, mas sim sobre ser uma boa profissional." Mais tarde, já casada, ela e o marido abriram uma escola de dança e um café. O empreendimento durou até que os dois viajaram de férias para Montreal, no Canadá, e ficaram encantados pelo país, decidindo aplicar o visto para permanecerem por lá.  

Foi quando chef com quem trabalhou na França a ofereceu uma vaga de emprego em Paris. O casal se mudou mais uma vez e passou cerca de um ano e meio por lá até que ela foi contratada no Canadá pelo restaurante Ritz, do chef Daniel Boulud, que tem duas estrelas Michelin. A cozinheira ficou no país até o começo da pandemia, em 2020, quando decidiu voltar ao Brasil. Atualmente, ela comanda o “Base Menu”, projeto em que, ao lado de uma nutricionista, promove alimentação de qualidade. 

Embora ame viver pelo mundo, nos próximos meses a chef tem localização fixa toda terça-feira, às 22h30, na tela da Band. O MasterChef é a sua próxima grande viagem: “Gosto muito de morar fora, mas, nesses últimos dois anos, estou deixando as coisas acontecerem. Agora veio essa oportunidade do programa e vou ficar por aqui”, celebra. Boa sorte!