Melhor da Noite

Repórter descobre passado do avô durante trabalho e emociona família

Em entrevista, Joana Treptow disse que sentiu-se mais próxima do avô, que faleceu há 15 anos, depois de reportagem para o Melhor da Noite

Por Leonan Oliveira

Topo

O Melhor da Noite desta quarta-feira (06) mostrou como é a rotina dos cadetes na base de treinamento da Força Aérea Brasileira. Entre cenas de tirar o fôlego e um voo repleto de adrenalina, a jornalista Joana Treptow - responsável pela reportagem - viveu um momento especial durante essa missão para o Melhor da Noite: ela descobriu que seu avô, falecido há 15 anos, havia sido piloto da FAB. 

Joana viveu um dia de cadete da FAB e fez todas as atividades que um soldado da Força Aérea precisa fazer no dia a dia - incluindo um voo cheio de adrenalinas e manobras. Ao fim da reportagem, a apresentadora Glenda Kozlowski revelou que a reportagem emocionou a família de Joana. “Sabe o que a gente descobriu? Uma coisa tão incrível: o avô da Joana, que faleceu há 15 anos, foi cadete e piloto da FAB. A família da Joana ficou muito emocionada quando soube que ela iria fazer essa reportagem para o Melhor da Noite”, explicou.

Em entrevista ao Band.com.br, Joana Treptow confirmou a descoberta e afirmou que voar em um avião da FAB, vivendo um dia de cadete, fez com que ela se sentisse mais perto do avô. “Eu fiquei super emocionada e pensei nele o voo todo… Me senti mais perto dele”, disse a jornalista.

Receba as principais notícias e vídeos da Band via WhatsApp; veja passo a passo