Melhor da Tarde

Ansiedade e depressão: fatores hereditários e ambientas podem influenciar

Especialista explica também como são os primeiros passos para o diagnóstico de saúde mental

Da Redação, com Melhor da Tarde 06/05/2021 • 15:16 - Atualizado em 06/05/2021 • 16:07

 

O Melhor da Tarde recebeu nesta quinta-feira, 6, a neurocirurgiã Tatiana Vilasboas para falar sobre os transtornos mentais, que tem sido considerados o mal do século. Questionada por Catia Fonseca, a especialista explicou como é feito o diagnóstico de saúde mental. 

“O médico do paciente, que te conhece e te acompanha, havendo necessidade vai te encaminhar para um psicólogo ou um psiquiatra. E muitas vezes para terapias adicionais, complementares, como atividade física ou acupuntura. O psicólogo e o psiquiatra são os primeiros caminhos”, disse. 

De acordo com Tatiana, fatores hereditários e ambientas podem influenciar a saúde mental. “Aquela pessoa que acredita em algo mais ou busca na caridade, em ajudar o próximo, elas têm o platô de satisfação pessoal melhor”, explicou. 

Saúde mental voltou a entrar em foco após o ator Fiuk revelar que sofre de ansiedade e depressão profunda, além de ter transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH). A revelação foi feita em entrevista a Ana Maria Braga. 

  • ansiedade
  • depressão
  • fatores hereditários
  • fatores ambientais