Melhor da Tarde

Após DJ Ivis deixar a prisão, Pamella Holanda diz não se sentir segura

Músico foi preso após agredir a influenciadora digital e estava detido desde o dia 14 de julho

Da Redação, com Melhor da Tarde 25/10/2021 • 17:39

Pamella Holanda, ex-mulher de Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, afirmou neste final de semana não se sentir segura agora que o ex-marido deixou a prisão. A soltura do músico foi tema do Melhor da Tarde desta segunda-feira, 25.

Em publicação feita em suas redes sociais, a influenciadora digital disse que “obviamente não está plenamente satisfeita com os atuais fatos, mas eu preciso honrar com os meus compromissos profissionais e continuar com minhas obrigações pessoais, tomando as medidas possíveis por segurança, não só física, mas emocional”. 

Ela ainda agradeceu aos fãs pelas mensagens de “apoio, carinho e principalmente preocupação comigo e com minha filha Mel”. Pamella também ressaltou que recebeu comentários machistas e que, quase todos, foram feitos por outras mulheres.

“A todos os ataques e comentários machistas, sem empatia e sem escrúpulos que recebi, em minoria, graças a Deus, mas quase todos vindo de mulheres, peço a Deus que a misericórdia dele seja derramada sobre todas vocês. Não existe machismo estrutural, ignorância ou qualquer coisa que justifique gente sem coração”, completou.  

DJ Ivis estava preso desde o dia 14 de julho, após agredir a ex-mulher. Segundo os advogados de Pamella Holanda, a influenciadora digital tem medidas protetivas contra o músico, que está proibido de entrar em contato com ela ou familiares dela.

Entenda o caso

A Justiça do Ceará determinou a soltura do DJ Ivis na última sexta-feira, 22 de outubro. Acusado de agredir a ex-mulher Pamella Holanda, o músico ficou preso por pouco mais de três meses depois que imagens de violência doméstica contra ela, no apartamento em que viviam em Fortaleza, foram divulgadas nas redes sociais. 

Com a decisão, o cantor e produtor poderá responder em liberdade aos processos, onde é réu acusado de lesão corporal, injúria e ameaça no ambito de violência doméstica. As imagens das agressões foram publicadas pela influencer nas redes sociais no início de julho. Nelas, é possível vê-la levando puxões de cabelo, chutes na costela, socos na cabeça e no rosto diante da filha de apenas 9 meses na residência do casal, em Eusébio, na grande Fortaleza.a

Exames de corpo de delito comprovaram as agressões através de laudo pericial. Segundo a Polícia, as últimas agressões ocorreram no dia 1º de julho, porém a vítima, a ex-esposa Pamella Holanda, registrou o caso em 3 de julho, não sendo possível lavrar o flagrante. 

À época, DJ Ivis se defendeu dizendo os dois não viviam uma relação saudável há algum tempo, que sofreu ameaças e que as imagens divulgadas pela ex-esposa foram editadas e não mostram todo o conflito. O DJ ainda falou que, em março desse ano, registrou um boletim de ocorrência contra Pamella por agressão. Depois, o advogado divulgou um vídeo em que o cantor pediu desculpas, assumindo o que chamou de "erro".

Após a repercussão do caso, o músico perdeu o contrato que tinha com a Sony Music, teve suas músicas retiradas de plataformas de streaming e deixou a produtora Vybbe, do cantor Xand Avião.