Melhor da Tarde

Ex-marido acusa Ana Hickmann de alcoolismo e exige exame de sanidade mental

O Melhor da Tarde desta quarta-feira (21) repercutiu as últimas movimentações do processo de separação entre Ana Hickmann e Alexandre Correa

Da Redação

Desde denunciou as agressões de Alexandre Correa, em novembro de 2023, Ana Hickmann está em uma verdadeira batalha pública com o ex-marido. Nesta quarta-feira (21), o Melhor da Tarde repercutiu a mais recente atualização do caso: em áudio vazado, o empresário acusou a apresentadora de alcoolismo e exigiu que Ana seja submetida a um exame de sanidade mental.

O repórter Rafael Pessina falou sobre o caso e explicou que, no áudio, Alexandre afirmou que Ana Hickmann fica muito agressiva quando bebe e disse que, por isso, o casal passou a brigar tanto. “Segundo a colunista Fábia Oliveira, o Alexandre agora começou a dizer por aí que ela sofre com problemas de alcoolismo, que se desenvolveram e agravaram durante a pandemia, que foi um momento em que ela tomava álcool em todas as refeições”, disse. “Ele afirmou que ela fica realmente muito agressiva e violenta quando bebe”, completou.

Revoltada com as afirmações do empresário, Catia Fonseca questionou as afirmações de Alexandre, destacando que foi ele quem agrediu a apresentadora. “Mas ela fica violenta e foi ele quem bateu nela? A gente até tenta não falar, mas é a mais forte do que a gente... Pelo amor de Deus”, disse.

Alexandre Correa entra com pedido de pensão a Ana Hickmann

Além das acusações de alcoolismo, o ex-marido de Ana Hickmann está dando o que falar nas redes sociais depois que a notícia de que ele teria pedido uma pensão para a apresentadora ganhou força.

Segundo o jornalista Leo Dias, Alexandre pediu uma pensão de R$ 42 mil para Ana Hickmann, alegando que ela está com uma vida muito mais confortável do que ele depois da separação. “Ele reclamou que ela está morando numa grande mansão e ele está em um apartamento pequeno de 35 metros, que ela tem um carrão importada e ele tem só um carrinho velho...”, explicou Pessina.

No palco do Melhor da Tarde, o advogado Dr. Francisco Gomes falou sobre o pedido de Alexandre e explicou que, em sua opinião, o argumento não é legítimo. “Na minha opinião, ele não tem direito a pedir uma pensão e a explicação é bastante simples: estamos falando sobre uma separação que começou pela lei Maria da Penha, ou seja, começou com uma agressão. Esse caso dá para ter um diário porque todo dia tem algum fato novo, meio cortina de fumaça, que desvia a gente do foco principal, que é agressão e a alegação de abuso financeiro e psicológico”, disse.