Melhor da Tarde

Filhas de Gugu acusam tia de esconder bens do apresentador

De acordo com elas, imóveis, empresas e contas bancárias no exterior não foram apresentados pela inventariante no plano de partilha

Da Redação, com Melhor da Tarde 11/10/2021 • 18:55 - Atualizado em 11/10/2021 • 19:10

O advogado das gêmeas Marina e Sofia, filhas de Gugu, afirma que elas estão cientes de que bens deixados pelo pai foram mantidos de fora do plano de partilha. 

A omissão teria sido feita pela irmã do apresentador, Aparecida Liberato. Segundo informações divulgadas pelo jornalista Erlan Bastos, do Portal em Off, imóveis, empresas e contas bancárias no exterior não foram apresentados na divisão de bens. 

As meninas pedem ainda a troca da tia como inventariante do testamento, alegando a necessidade de maior transparência no processo. Segundo a petição, a irmã de Gugu afirma que não existem outros bens deixados por ele. 

Já a defesa das gêmeas alegam a existência de duas empresas na Flórida e uma em Miami, todas nos Estados Unidos. Há ainda bens em nome das empresas, uma casa em Portugal e duas contas no banco.

Filhas gêmeas de Gugu acusam tia de manipulação e mentira

Após o processo de emancipação, as filhas gêmeas do apresentador Gugu Liberato resolveram abrir o jogo sobre a divisão da herança do pai e acusação a tia Aparecida Liberato de manipular e mentir. O vídeo, publicado pelo jornalista Leo Dias, foi repercutido no Melhor da Tarde em agosto de 2021.

Marina e Sofia afirmam na gravação que nunca concordaram com a tia, que insiste em dizer que não havia uma união estável entre o apresentador e a mãe delas, Rose Miriam di Matteo. De acordo com elas, elas só perceberam o que estava acontecendo após pedirem a emancipação e contratarem um advogado próprio.