Melhor da Tarde

Homem condenado por injúria racial comete crime novamente

Matheus Abreu Almeida Prado Couto fez ofensas racistas a um atendente de mercado

Da Redação, com Melhor da Tarde 12/04/2021 • 18:47

Em 2020, Matheus Abreu Almeida Prado Couto fez ofensas racistas a um motoboy, em Valinhos (SP). Recentemente, outro vídeo que circula na internet mostra rapaz cometendo crime o crime de injúria racial novamente, desta vez em Campinas.

O caso foi repercutido no Melhor da Tarde desta segunda-feira, 12. No vídeo, o agressor aparece dizendo a um atendente de mercado: “É racismo mesmo, seu preto. Você é italiano mesmo? Porque eu sou nórdico […] seu ladrãozinho de merda. Isso aqui você tem inveja, seu b*sta. Você não tem dinheiro, seu lixo”.

A Guarda Municipal foi acionada e o pai de Matheus foi chamado ao local. Ele disse, novamente, que o filho sofre de esquizofrenia. O agressor foi encaminhado ao hospital após o episódio e a família pediu, em nota, desculpas pelas atitudes de Matheus. 

Relembre o caso de Valinhos

Em agosto de 2020, o Matheus Couto de Abreu tentou de todas as formas humilhar um trabalhador negro, motoboy, após uma entrega. “Seu lixo, quanto deve ganhar por mês, hein? Dois mil reais? Não deve ter nem onde morar”, disparou contra Matheus Pires.

Constrangido, o entregador respondeu aos ataques do agressor. “Eu tenho onde morar sim”, disse. Na época, o motoboy registrou um boletim de ocorrência contra o então morador de Valinhos, que se mudou após a repercussão do episódio.

  • melhor da tarde
  • injúria racial
  • crime
  • matheus abreu couto