Melhor da Tarde

Justiça de SP bloqueia contas bancárias de Galvão Bueno

Bloqueio aconteceu devido a um empréstimo de R$ 1,6 milhão feito por um fundo de investimento

Cíntia Lima e Rafael Pessina 20/07/2021 • 16:44 - Atualizado em 20/07/2021 • 17:07

A Justiça de São Paulo bloqueou as contas bancárias de Galvão Bueno, da mulher Desirée Soares e da filha Letícia Galvão Bueno. A informação da colunista Fabia Oliveira, do jornal O Dia, foi repercutida no Melhor da Tarde desta terça-feira, 20.

A decisão faz parte de um processo aberto pelo fundo de investimento Lest Credit contra a empresa Virtual Promoções e Participações, que é de propriedade da família do narrador. 

O bloqueio aconteceu devido a um empréstimo de R$ 1,6 milhão que o fundo de investimento fez em 2017 à empresa de Galvão Bueno e que deveria ter sido pago em 31 parcelas. 

Em maio deste ano, a Virtual reconheceu a dívida e fez um acordo para a quitação, mas ele não foi totalmente cumprido. Com o bloqueio, a Justiça encontrou nas contas de Galvão pouco mais de R$ 1,4 mil. Já na conta de Desirée, o bloqueio foi de cerca de R$ 90 mil.

  • melhor da tarde
  • galvão bueno