Entretenimento

O que fazer quando o gato se esconde de visitas? Manu Karsten responde

Alterações na rotina e portas fechadas podem deixar os felinos desconfortáveis

Manu Karsten, com BandNews FM 14/01/2022 • 12:12 - Atualizado em 14/01/2022 • 12:13
Gatos podem se sentir ameaçados pelas alterações na rotina
Gatos podem se sentir ameaçados pelas alterações na rotina
PxHere

Nossa ouvinte Érzi Gomes escreveu contando que o gatinho dela tem 1 ano e 8 meses, mas é muito assustado. ”Se esconde quando chega alguém de fora desde a hora que o interfone e a campainha tocam. O que fazer Manu?’’, perguntou ela.

Olha Érzi, eles são tão inteligentes, né? Ele já associou que, quando toca o interfone, acende o sinal amarelo e, quando a campainha então toca, é hora dele desaparecer. Muitos gatos, na verdade, a maioria dos gatos não gostam de novidade, movimentação e mudança em sua rotina. 

Os carinhas são super metódicos e se eles não forem socializados bem desde pequenos e acostumados com pessoas, tendem a se sentir ameaçados com a chegada de estranhos. Isso é super comum, viu? Além do mais, percebem que muitas coisas mudam na casa, como algumas portas que se fecham, algumas mudanças de horário, enfim.

Essas alterações deixam eles completamente malucos e, além de tudo, gato não aguenta portas fechadas. Ele não gosta de ser impedido de entrar no lugar onde ele costuma entrar, isso é uma coisa simples do seu gato. 

Então, eu vou te dar algumas dicas. Primeiro, visitas trazendo sempre presentes incríveis. Não é que a visita vai ter que comprar, mas antes de a visita entrar, você já dá a munição a ela. Com petiscos ou com um brinquedo que seu gato seja apaixonado. Segunda coisa, nunca deixe que ninguém persiga ele, nem mesmo para dar o petisco. Então se ele sumiu, deixa ele, deixa que ele se aproxime da visita e aí a visita vai ter na mão um petisco ou um brinquedo.

Proporcione lugares onde ele possa se esconder, isso faz com que ele se sinta seguro, sabendo que ele tem um lugar que ele pode fugir. Isso faz com que ele se sinta mais seguro e, às vezes, até aproxima ele da gente com o tempo. E a minha última dica é: tenha paciência. 

Participe também da nossa coluna enviando a sua dúvida para: eobicho@bandnewsfm.com.br ou então pelo Instagram, @manukarsten.