Entretenimento

Priscilla desdenha de críticas após abandonar o gospel: "Estou fazendo o certo"

Em entrevista, Priscilla falou sobre como tem lidado com ataques do público após mudar de visual e abandonar a música gospel

Por As Parecidas

Topo

Priscilla está dando o que falar nas redes sociais desde quando decidiu mudar radicalmente o visual e abandonar a música gospel. Em recente entrevista às Parecidas, nos bastidores da primeira festa do Spotify no Brasil, na última terça-feira (05), a cantora disse que não se afeta com as críticas que vem recebendo e afirmou que os ataques na web podem significar que ela esteja no caminho certo.

“Eu acho que [os ataques] faz parte. Eu acho que é bom que eu comecei muito nova na televisão, então eu lido com o público e com a mídia há muito tempo, muito antes de ter internet, muito antes de inventarem o cancelamento e ‘hater’", disse a cantora. “Enquanto a gente estiver fazendo algo relevante, a gente sempre vai ter oposição, então isso na verdade é um sinal, talvez, de que eu esteja fazendo o certo”, completou.

A artista destacou que a longa carreira pública a ajudou a entender como as coisas funcionam e aprender que críticas fazem parte de todo processo. Ela destacou que a mudança não aconteceu de maneira repentina e explicou que sempre flertou com outros ritmos, nichos e referências. “Eu gosto muito de desbravar a minha própria versatilidade, então eu acho que estou explorando isso e eu tô curtindo pra caramba, assim como talvez daqui um tempo as pessoas me vejam em um outro lugar, de uma outra forma”, disse. “Acho que a vida do artista é sobre se atualizar, se renovar, se experimentar. Então, isso é um movimento natural de ser artista, né?”, finalizou.

Na entrevista, Priscilla ainda falou sobre a primeira música de seu novo trabalho, a faixa “Quer Dançar”, uma parceria com o Bonde do Tigrão. Ela disse que a parceria foi surpreendente até para ela. “Inusitado, né? A gente queria muito começar o projeto desse jeito, um jeito que surpreendesse o público, uma coisa que ninguém podia esperar, nem eu. Então foi muito legal porque foi o meu primeiro grande momento, meu primeiro grande ato pop pra mostrar pras pessoas a artista pop que eu sou, uma coisa que eu sempre quis e que eu venho trabalhando há muito tempo”, disse. “E foi literalmente só o início, porque a gente tem novos trabalhos do audiovisual vindo por aí com muita história, muito enredo, personagens, a gente fez literalmente uma criação desse projeto do começo ao fim”, adiantou.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais