Fórmula 1

24 Horas de Le Mans: 14 ex-pilotos da Fórmula 1 disputarão prova em 2024; veja a lista

Jenson Button, Romain Grosjean e Nyck De Vries são alguns dos nomes presentes na prova de resistência este ano

Por Gabriel Alberto

24 Horas de Le Mans: 14 ex-pilotos da Fórmula 1 disputarão prova em 2024; veja a lista
Reprodução

As 24 Horas de Le Mans teve a sua primeira edição realizada em 1923 e, desde lá, diversos pilotos se aventuram na maior prova de resistência do esporte a motor. 

Alguns desses corredores são figurinhas carimbadas em outra categoria do automobilismo, a Fórmula 1. Neste ano, a história não é diferente.

As plataformas digitais da Band - Bandplay, Band.com.br e canal do Esporte na Band no YouTube - farão a transmissão na íntegra das 24 horas de corrida, a partir das 10h de sábado (15), e as sessões de treino e classificação, na quarta (12) e na quinta (13). Bandsports transmite largada, últimas voltas, pódio e outros momentos da corrida.

Confira quais são os 14 pilotos que disputarão a prova em Sarthe este ano e que passaram pela maior categoria de automobilismo do planeta. 

Kamui Kobayashi

O piloto japonês teve sua passagem pela Fórmula 1 entre 2009 e 2012. Em 2013 ficou de fora, e em 2014 fez o seu último ano pela categoria. Na F1, correu pela Toyota (equipe pela qual corre em Le Mans), Sauber e Caterham. Kobayashi vai em busca da sua segunda vitória em Le Mans, pilotando o Toyota GR010 Hybrid #7. O primeiro triunfo foi em 2021.

Nyck de Vries 

O piloto foi demitido da Fórmula 1 em 2023, após a antiga AlphaTauri anunciar a sua substituição por Daniel Ricciardo no GP da Hungria do mesmo ano. Nyck fez a sua estreia na F1 em 2022 pela Williams, após substituir Alexander Albon no GP da Itália. Para a sua estreia nas 24 Horas de Le Mans, o holandês vai dividir o Toyota #7 com Kamui Kobayashi.

Antonio Giovinazzi

Vencedor das 24 Horas de Le Mans em 2023, o piloto foi um dos responsáveis por guiar o carro vitorioso da Ferrari. Giovanazzi correu pela Saber e pela Alfa Romeo entre 2017 e 2021, e seu melhor resultado foi uma quinta colocação no GP do Brasil de 2019. Este ano o italiano estará a bordo da Ferrari 499P #51. 

Robert Kubica

O polonês é uma figurinha carimbada no mundo da Fórmula 1. Kubica passou pela categoria entre 2006 e 2009, além de ter feito uma temporada completa em 2019 pela Williams. Seu melhor resultado foi a vitória do GP do Canadá de 2008, quando ainda corria pela BMW. Em Le Mans, o piloto estará no comando do comando da Ferrari 449P #83 da AF Corse, equipe satélite da marca italiana. 

Daniil Kvyat  

O piloto russo, mais conhecido como “Torpedo” na Fórmula 1, teve duas passagens pela categoria entre 2014 e 2017, pela Red Bull e Toro Rosso, e em 2019 e 2020, pela AlphaTauri. Seu melhor resultado na F1 foi um segundo lugar no GP da Hungria de 2015, ano em que fez sua estreia como piloto da Red Bull. Nas 24 Horas de Le Mans, Kvyat correrá pela Lamborghini Iron Lynx no carro #63 da equipe. 

Jenson Button  

O campeão mundial de Fórmula 1 de 2009 dispensa apresentações. O piloto ficou na categoria por 17 anos e correu por Williams, Benetton, Renault, BAR, Honda, Brawn GP e Mclaren. Button correu as 24 Horas de Le Mans em 2023 em um carro preparado da Nascar para a prova de resistência, mas este ano, o inglês estará a bordo do Porsche 963 #38 da Heartz Team JOTA. 

Mick Schumacher 

O alemão fez a sua estreia na Fórmula 1 em 2021 pela equipe norte-americana Haas, e seu melhor resultado na categoria foi um sexto lugar no GP da Austria de 2022. Atualmente é piloto reserva da Mercedes e titular da Alpine no campeonato de endurance. Nas 24 Horas de Le Mans, Schumacher estará a bordo do modelo A424 #36. 

Romain Grosjean 

O francês fez a sua estreia na Fórmula 1 em 2009 pela Renault, após substituir o brasileiro Nelsinho Piquet no GP da Europa. O melhor resultado do piloto foi conquistado no GP do Canadá de 2012, após cruzar a linha de chegada na segunda colocação. Nas 24 Horas de Le Mans, Grosjean correrá Lamborghini SC63 #19. 

Stoffel Vandoorne e Paul Di Resta

Stoffel Vandoorne fez a sua estreia a Fórmula 1 em 2016 pela Mclaren e ficou na equipe papaia até o final de 2018, seu último ano na categoria. O melhor resultado alcançado pelo piloto foi dois sétimos lugares, GP da Malásia e de Singapura, ambos em 2017. O belga também é o campeão da temporada de 2021 da Fórmula E. Paul di Resta tem no currículo 58 largadas na Fórmula 1 entre 2011 e 2013, sempre guiando pela Force India. Em 2017 o escocês teve que substituir Felipe Massa após o piloto brasileiro se sentir mal durante os treinos livre para o GP da Hungria. Em Le Mans, os dois pilotos vão guiar juntos o Peugeot 9X8 #94. 

Sébastien Buemi e Brendon Hartley 

Buemi correu na Fórmula 1 entre 2009 e 2011 pela antiga, mas nem tanto, Scuderia Toro Rosso e teve como melhor resultado um sexto lugar no GP do Brasil em seu ano de estreia. O suíço também foi piloto da FE e em 2015 foi campeão da categoria de carros elétricos pela Renault, além de já ter vencido as 24 Horas de Le Mans em outras quatro ocasiões. Hartley correu na F1 apenas nas quatro últimas provas de 2017, e o ano seguinte foi a única temporada completa do piloto da Toro Rosso na categoria. O australiano também já triunfou em Sarthe em outras três ocasiões e este ano divide o carro #8 da Toyota com Buemi e o japonês Ryo Hirakawa.

Sebastien Bourdais 

Bourdais teve uma passagem curta pela Fórmula 1. Após conquistar quatro títulos seguidos na Champ Car (antiga Fórmula Indy), o piloto foi convidado pela Toro Rosso para estreiar na F1 em 2008. Devido aos resultados decepcionantes na categoria, o francês foi despedido no meio da temporada de 2009. Para as 24 Horas de Le Mans de 2024, Bourdais estará a bordo do Cadillac V-Series.R #3. 

Jean-Eric Vergne

Vergne correu por apenas três temporadas na Fórmula 1, entre 2012 e 2014, também como piloto da Toro Rosso. Foi campeão mundial na Fórmula E em 2017 e 2018 pela Techettah, e agora em Le Mans o francês busca deixar a sua marca a bordo do Peugeot 9X8 #93

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais