Esportes

Verstappen pragmático e estratégia errada de Hamilton: especialistas da Band comentam GP da Turquia

Felipe Giaffone falou sobre a estratégia de pneus da Mercedes enquanto Reginaldo Leme destacou a disputa acirrada que se apresenta para as próximas corridas

Da redação 10/10/2021 • 15:32 - Atualizado em 10/10/2021 • 16:09
Bottas liderou de ponta a ponta o GP da Turquia
Bottas liderou de ponta a ponta o GP da Turquia
Foto: Divulgação/Mercedes

Após vitória de Valtteri Bottas no GP da Turquia, os comentaristas de Fórmula 1 da Band comentaram sobre a corrida deste domingo (10) e destacaram os principais pontos da corrida que aconteceu em Istanbul. 

Reginaldo Leme começou seu comentário elogiando a vitória de Bottas e o desempenho estratégico de Max Verstappen. “O Bottas fez uma grande corrida. Vamos lembrar que ele fez pole, venceu a corrida e fez a melhor volta. Já o Max fez uma corrida de quem quer ser campeão. Se não dá para vencer, vamos marcar o máximo de pontos possível” destacou. 

Já Felipe Giaffone falou sobre a estratégia da Mercedes na prova, em relação desgaste e à troca dos pneus, que gerou uma polêmica com Hamilton.

“Talvez onde a Mercedes tenha acertado, foi quando percebeu que quem parou no começo, se deu bem. E quem deixou para parar mais para frente, com aquele pneu intermediário, que tem a borracha alta, feito para chuva, não terminou a corrida bem por que na hora que o pneu pega na pista mais seca, ele destrói muito rápido, que foi o que aconteceu com o Hamilton. Talvez se o Hamilton tivesse seguido a orientação, logo no começo, ele estaria nas mesmas condições de pneu” disse.

Reginaldo também comentou sobre a entrevista de Hamilton para Mariana Becker. O piloto não se mostrou satisfeito com o trabalho da equipe. “Ele (Hamilton) começou julgando, ele deixa no ar. E essa decisão, essa conclusão, não vai ser muito fácil. Eles vão ficar lá reunidos hoje até o comecinho da noite por que são os gráficos que vão dizer o nível de informações que a equipe teve para insistir tanto com ele. Por que ele queria mesmo ficar na pista, o feeling do piloto naquele momento é que dava para continuar. Era de não vou errar, vou até o fim” comentou.

Sobre a corrida da Red Bull, que conseguiu uma dobradinha no pódio com Verstappen e Pérez, Giaffone destacou as dificuldades da equipe durante todo o fim de semana. 

“Eles nunca conseguiram, desde o primeiro treino, ter uma condição boa. Tomaram uma surra da Mercedes desde a primeira andada na pista. Então, para ele (Verstappen) terminar onde terminou é uma vitória praticamente”.

Por fim, os comentaristas fizeram uma projeção sobre a disputa entre Verstappen e Hamilton, que trocaram novamente de posição na tabela, para as próximas corridas do calendário. “Mas me surpreendeu a tamanha superioridade da Mercedes nessa pista em relação à Red Bull. O que me leva a acreditar que esse final de campeonato com seis provas finais, se a Mercedes, de fato igualou a Red Bull, esse final de campeonato vai ser incrível. A precisão que se vai exigir de cada um deles vai ser muito grande. Ninguém pode errar nada, porque qualquer deslize pode custar o campeonato” completou Reginaldo Leme.

  • Fórmula 1