Blog Grid
Notícias

As 8 pinturas temporárias mais legais da Fórmula 1 em 2021

Emanuel Colombari 21/12/2021 • 09:00
Imagem: F1/Twitter
Imagem: F1/Twitter

O começo de cada temporada na Fórmula 1 sempre gera muita expectativa a respeito dos carros novos. Não apenas nas novidades técnicas, mas pelas cores.

Uma equipe que troca de patrocínio principal, por exemplo, sempre atrai olhares do público, que gosta de ver a "roupa nova" dos carros.

Em 2021, a gente rapidamente se acostumou com as cores dos carros. Mas as equipes foram generosas, e adotaram algumas pinturas temporárias ao longo da temporada.

Leia também:

Às vezes, um detalhe novo, um novo patrocinador diferente para exibir. Em outras, um carro com uma cor toda nova.

Vamos lembrar as mais marcantes - opinião pessoal, é claro - deste ano?

8. Red Bull (GP dos EUA)

Imagem: F1/Twitter

Para o GP dos Estados Unidos, a Red Bull decidiu tirar a marca da Honda de seus carros para colocar a da Acura, divisão de luxo da montadora japonesa que atende principalmente ao mercado norte-americano. Não foi uma bruta inovação, mas já serviu para atrair olhares, né?

7. McLaren (GP de Abu Dhabi)

Imagem: McLaren/Divulgação

A McLaren apostou no trabalho de uma artista dos Emirados Árabes Unidos para mudar sua pintura no GP de Abu Dhabi. Assim, os detalhes azuis do carro deram espaço a padrões multicoloridos. Valeu pela iniciativa, embora o resultado tenha ficado discreto.

6. Aston Martin (GP da Itália)

Imagem: Aston Martin F1/Divulgação

Não se pode deixar de lado uma homenagem ao agente secreto mais famoso do cinema, mesmo que a referência seja discreta. No GP da Itália, a Aston Martin exibiu a marca de 007 em alusão ao novo filme da série, Sem tempo para morrer. Como se sabe, James Bond está rotineiramente a bordo de um dos carros da marca.

5. Alfa Romeo (GP de Abu Dhabi)

Imagem: Alfa Romeo/Divulgação

A dupla titular da Alfa Romeo se despediu da equipe no GP de Abu Dhabi. Em homenagem, o time pintou frases especiais para Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi em seus carros.

4. Alfa Romeo (GP da Itália)

Imagem: Alfa Romeo/Divulgação

E já que falamos da Alfa Romeo, falemos também da pintura utilizada no GP da Itália. Para a prova em Monza, a equipe apostou em detalhes verdes para a cobertura dos motores. O resultado ficou classudíssimo.

3. Red Bull (GP da Turquia)

Imagem: Red Bull/Divulgação

Os carros da Red Bull foram pintados de branco para o GP da Turquia, em homenagem à Honda, que deixa a categoria ao fim de 2021. As cores foram as primeiras usadas pela fabricante na F1, ainda na década de 1960. A homenagem aconteceria no GP do Japão, mas a etapa foi cancelada neste ano.

2. Alpine (GP da Arábia Saudita)

Imagem: Alpine/Divulgação

A Alpine celebrou em Jidá as 100 corridas de parceira com a Castrol. Por isso, acrescentou detalhes verdes à traseira do carro, repetindo a novidade no GP de Abu Dhabi. Deixou com uma cara de pintura dos anos 80.

1. McLaren (GP de Mônaco)

Imagem: McLaren/Divulgação

A pintura mais bonita de 2021 talvez seja também uma das mais bonitas da história. Para o GP de Mônaco, a McLaren deixou de lado os carros alaranjados e adotou cores em alusão a uma patrocinadora, a Gulf Oil. Resultado: foi para a pista com a mesma cara dos Ford GT40 que dominaram as 24 Horas de Le Mans no final da década de 1960, também pintados com as cores da empresa.

E aí, faltou alguma?

Emanuel Colombari

Emanuel Colombari é jornalista com experiência em redações desde 2006, com passagens por Gazeta Esportiva, Agora São Paulo, Terra e UOL. Já cobriu kart, Fórmula 3, GT3, Dakar, Sertões, Indy, Stock Car e Fórmula 1. Aqui, compartilha um olhar diferente sobre o que rola na F-1.