Blog Grid
Notícias

Um terceiro Grande Prêmio nos EUA? Em breve, pode acontecer

Emanuel Colombari 21/10/2021 • 12:45
Imagem: COTA/Twitter
Imagem: COTA/Twitter

Os Estados Unidos voltaram a ocupar um papel de relativo destaque na Fórmula 1 ao longo do século XXI. Depois de perder terreno na década de 1990 e de um retorno entre 2000 e 2007, correndo em um circuito misto dentro de Indianápolis, a categoria tem corrido desde 2012 no Circuit of the Americas (Cota), e ainda terá uma prova em Miami a partir de 2022.

Mas o avanço pode não ficar só por aí. Em abril, a revista Sport Business Journal publicou uma reportagem a respeito do trabalho da F1 para conquistar público no mercado dos Estados Unidos, dominado pela Nascar e pela IndyCar. Entre as ferramentas, a publicação destacou a série Drive to Survive, da Netflix – uma aposta com bons resultados entre uma parcela da população que não se ligava na categoria.

Leia também:

À revista, o CEO do Formula One Group, Stefano Domenicali, admitiu a chance de encaixar no calendário uma terceira corrida nos Estados Unidos. “Eu certamente não descartaria essa possibilidade”, afirmou o ex-chefe de equipe da Ferrari.

Imagem: Red Bull Racing/Divulgação

O assunto voltou à tona em entrevista de Domenicali à CBS na última terça-feira (19), na qual ele deixou claro que a presença dupla dos EUA no calendário da Fórmula 1 pode ser apenas um passo. “No próximo ano, aumentar (a atenção à Fórmula 1) nos EUA representará um passo muito importante para o mercado norte-americano”, afirmou.

Caso confirmada, a presença “múltipla” dos EUA no calendário não seria novidade. Desde 1976, os fãs da categoria se acostumaram a ver o país receber mais de uma prova, chegando a três em 1982: EUA-Oeste (em Long Beach), Detroit e Las Vegas (no Caesars Palace).

Imagem: Red Bull Racing/Divulgação

Pode acontecer, mas com um obstáculo lógico: o calendário, que terá 23 corridas em 2022. O interesse mercadológico é óbvio, mas a categoria sofre cada vez mais para encaixar tantas provas ao longo de um ano.

Relembre os palcos corridas de Fórmula 1 que já foram realizadas nos EUA:

Grande Prêmio dos Estados Unidos

Sebring (1959), Riverside (1960), Watkins Glen (1961 a 1980), Phoenix (1989 a 1990), Indianapolis (2000 a 2007) e Cota (desde 2012)

500 Milhas de Indianápolis

Indianápolis (1950 a 1960)

Grande Prêmio dos Estados Unidos-Oeste

Long Beach (1976 a 1983)

Grande Prêmio de Las Vegas

Caesars Palace (1981 a 1982)

Grande Prêmio de Detroit

Detroit (1982 a 1988)

Grande Prêmio de Dallas

Fair Park (1984)

Imagem de abertura: COTA/Twitter

Emanuel Colombari

Emanuel Colombari é jornalista com experiência em redações desde 2006, com passagens por Gazeta Esportiva, Agora São Paulo, Terra e UOL. Já cobriu kart, Fórmula 3, GT3, Dakar, Sertões, Indy, Stock Car e Fórmula 1. Aqui, compartilha um olhar diferente sobre o que rola na F-1.