Notícias

Quem é Matheus Ferreira, piloto brasileiro de kart em novo projeto da Alpine

Emanuel Colombari 09/03/2022 • 10:02
Imagem: Alpine Racing
Imagem: Alpine Racing

A partir de agora, o capacete verde de Matheus Ferreira se tornará mais visado pelo público do Brasil que gosta de automobilismo.

Nesta quarta-feira (10), o piloto de Brasília (DF) foi anunciado como um dos integrantes da Alpine Affiliates, um programa que busca captar pilotos para a academia da Alpine. O objetivo da equipe é buscar talentos formar pilotos que possam chegar à Fórmula 1.

Ferreira, de 15 anos, é um dos dois brasileiros na estrutura de formação do time francês – o outro é Caio Collet, que disputa a FIA Fórmula 3 em 2022 e já integra a Alpine Academy. Antes, o projeto iniciado pela Renault já teve também Fábio Carbone (que disputou a Fórmula 3 britânica em 2002 com o apoio da iniciativa) e Lucas di Grassi (integrante entre 2005 e 2007).

Leia também:

Nos últimos anos, Matheus ganhou terreno no kartismo nacional. Em 2015, disputou a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro (categoria mirim), levando troféus para casa. Em 2016, mais troféus na categoria cadete. Em 2017, foi para os Estados Unidos participar de eventos como a Rok Cup e o Florida Winter Tour.

Em 2018, conquistou o vice-campeonato brasileiro na categoria júnior menor e os títulos no Campeonato Paulista e na Copa Rotax Micro, além de vitórias nas 50 Milhas da Granja Viana e no Torneio de Inverno KGV.

Aos poucos, mais portas no exterior começaram a se abrir. Em 2019 e 2020, somou bons resultados no World Series Karting e no Campeonato Europeu de Kart CIK-FIA. De quebra, disputou o Mundial da modalidade de 2019 (na Finlândia), de 2020 (em Portugal) e de 2021 (na Espanha). Neste último, foi pole position em duas baterias e venceu uma prova.

Hoje, Matheus Ferreira é o atual campeão brasileiro de kart na categoria júnior. Além disso, foi vice no Europeu CIK-FIA e no WSK Super Master Series, dois dos principais torneios do kartismo mundial na atualidade. Conhecido por suas manifestações de fé, Matheus competirá em 2022 pela equipe Kart Republic na categoria OK.

A chegada do brasileiro ao programa de “afiliados” mostra um foco a Alpine a pilotos ainda mais jovens para sua academia. Entre os cinco pilotos escolhidos para a iniciativa, há mais um piloto que atualmente corre em karts: o japonês Kean Nakamura.

“É a primeira vez que eles entram no kart apoiando jovens talentos e isso só aumenta nossa responsabilidade para trazer resultados ainda melhores”, disse Ferreira.

Imagem: Alpine Racing

O responsável por gerenciar a carreira de Matheus é Gastão Fráguas, campeão mundial de kart em 1995 e responsável por representar o Brasil atualmente na Codasur (Confederação Sul-Americana de Automobilismo). Para Fráguas, o acerto com a Alpine “é um marco” na carreira do jovem piloto.

“Estamos muito contentes a recompensa de um trabalho profissional que fazemos com ele desde sua chegada à Europa, onde ele conquistou resultados expressivos que certamente chamaram a atenção de um programa tão renomado como o da Alpine”, disse. “Agora é seguir trabalhando bastante para que a gente tenha mais um representante do Brasil subindo de categoria a cada ano rumo à Fórmula 1”, completou.

Emanuel Colombari

Emanuel Colombari é jornalista com experiência em redações desde 2006, com passagens por Gazeta Esportiva, Agora São Paulo, Terra e UOL. Já cobriu kart, Fórmula 3, GT3, Dakar, Sertões, Indy, Stock Car e Fórmula 1. Aqui, compartilha um olhar diferente sobre o que rola na F-1.