Fórmula 1

F1: Ferrari mostra evolução após 2020 'muito complicado', avalia Massa

Para ex-piloto da escuderia, equipe se mostra mais competitiva em 2021

Da Redação, com BandNews TV 07/06/2021 • 15:03 - Atualizado em 07/06/2021 • 15:20

A temporada de 2021 tem dado sinais de recuperação da Ferrari na Fórmula 1. Sem vencer uma corrida desde o GP de Singapura de 2019, o time conseguiu a pole position nas duas últimas provas, em Mônaco e no Azerbaijão.

Em entrevista à BandNews TV nesta segunda-feira (7), Felipe Massa reagiu com otimismo aos feitos recentes da equipe. Piloto do time italiano entre 2006 e 2013, o brasileiro acredita em uma reação da escuderia no ano em relação a 2020.

“A Ferrari começou o ano difícil, teve um 2020 muito complicado, e esse ano todos acharam que a Ferrari ia demorar para voltar, começou em uma situação complicada. A Ferrari vem melhorando. A partir da corrida de Mônaco, onde o Charles Leclerc fez a pole e infelizmente acabou batendo (no fim da classificação do sábado), mostrou ser uma Ferrari diferente, mais competitiva”, analisou.

Massa ainda revelou um almoço com Charles Leclerc antes do GP do Azerbaijão do último final de semana, na qual trocaram impressões a respeito do que esperar na pista de Baku.

“Tive o prazer de ter um almoço com o Charles Leclerc na semana passada e eu até falei: ‘Acho que vai ser complicado no Azerbaijão, a Mercedes deve ser o melhor carro lá. A pista como é, uma reta tão longa’”, explicou o ex-piloto de F1, atualmente na Stock Car Brasil.

“A Ferrari de novo se mostrou competitiva, mostrou de novo um carro melhor, largou na pole position. Na corrida não é tão competitiva quando Mercedes e Red Bull, mas acho que tem aí um potencial grande para melhorar”, completou.

Massa ainda destacou a geração de pilotos que, em breve, deverá disputar vitórias e títulos na Fórmula 1. Atual campeão, Lewis Hamilton terá 37 anos em 2022 caso permaneça na categoria ao fim da atual temporada.

“Acho que a geração de pilotos jovens é muito forte”, disse Massa. “Se você olhar, a gente tem o (Max) Verstappen (Red Bull), um futuro campeão, o que tem mais chances de vencer o Hamilton em um momento mais curto; a gente tem o Charles Leclerc, que é um futuro campeão, na minha opinião, um talento excepcional; a gente tem o Lando Norris na McLaren, liderando o trabalho na McLaren, tendo uma referência dentro da equipe que é o (Daniel) Ricciardo, um talento e é um piloto com um nome muito forte; como a gente tem o George Russell (Williams), que precisa de um carro competitivo.”

  • Felipe Massa
  • Ferrari
  • Fórmula 1