Fórmula 1

F1: Haas confirma Robert Shwartzman em corrida que testará novos pneus para 2022

Piloto russo é atualmente o terceiro colocado no mundial de pilotos da Fórmula 2 e será observado pela Ferrari para piloto reserva

Da Redação 25/11/2021 • 13:46
Robert Shwartzman foi o escolhido pela Haas para a "corrida teste"
Robert Shwartzman foi o escolhido pela Haas para a "corrida teste"
Haas

A Fórmula 1 terá, em 2022, um novo regulamento técnico para a construção dos carros e entre as principais mudanças estão os pneus, que a passarão a ser de 18 polegadas a partir do ano que vem. As escuderias terão a oportunidade de testarem os novos pneus após o GP de Abu Dhabi, no Circuito de Yas Marina, com pilotos novatos e um carro com suspensão modificada.

A Haas confirmou nesta quinta-feira (25) que Robert Shwartzman foi o escolhido para a “corrida teste”. O russo de 22 anos atualmente faz parte da Academia de Pilotos da Ferrari e corre a Fórmula 2 pela equipe Prema Racing – ele é o terceiro colocado no mundial de pilotos, atrás apenas de Oscar Piastri, que será reserva da Alpine, e de Guanyu Zhou, que em 2022 será titular da Alfa Romeo.

“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à Haas F1 Team, à Scuderia Ferrari e à Ferrari Driver Academy por esta grande oportunidade. Este será meu primeiro teste com a Haas F1 Team e estou realmente ansioso para conhecer uma nova equipe, ambiente e também aprender o máximo possível com eles”, disse Shwartzman.

O teste não servirá apenas para avaliar os novos pneus de 18 polegadas. Robert também será observado por integrantes da Ferrari e se aprovado, poderá ser contratado como piloto reserva de alguma escuderia.

“Ter a chance de dirigir por outra equipe de F1 é simplesmente incrível e mal posso esperar para trabalhar com todos”, comemorou o piloto russo.

Chefe da Haas elogia Shwartzman, mas quer manter Pietro

Robert Shwartzman já tem boas referências no currículo, com um título da Fórmula 3 e duas boas temporadas na Fórmula 2. Por isso, os passos do piloto têm sido acompanhados de perto por Guenther Steiner, chefe da Haas.

“Sua habilidade está claramente em evidência quando você olha para seu desempenho nas últimas temporadas - mais notavelmente sua campanha de estreia na Fórmula 2 no ano passado - competindo contra nomes como nossos próprios dois pilotos Mick Schumacher e Nikita Mazepin. Estamos satisfeitos por poder dar a Robert um passeio em um carro de Fórmula 1 e estamos ansiosos para trabalhar com ele em Abu Dhabi”, afirmou Steiner.

O piloto reserva da Haas nesta temporada é o brasileiro Pietro Fittipaldi (neto do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi). Apesar de não ter tido a oportunidade de correr uma etapa neste ano, a escuderia americana pretende mantê-lo como reserva para 2022.

Veja também:

“Pietro é um grande rapaz, muito bom piloto e parte de nossa família. Ano passado, quando o Romain teve o acidente e ele precisou assumir, fez um fantástico trabalho mesmo sem entrar no carro por quase um ano. O Pietro é um de nós e espero que siga conosco”, disse Steiner em entrevista no início deste mês.

Outros pilotos confirmados na “corrida teste”

Além da Haas, outras duas equipes já confirmaram os seus novatos para a corrida que testará os pneus de 18 polegadas.

A McLaren avaliará o mexicano Patricio “Pato” O’Ward, que atualmente corre na IndyCar Series pela escuderia britânica e é o terceiro colocado no mundial de pilotos da categoria. Já a Aston Martin levará o inglês Nicholas “Nick” Yelloly, que já foi piloto de testes da Force India e da Racing Point.

Por sua vez, a Williams abriu mão dos testes por não ter um carro que possa ser utilizado – e provavelmente será a única escuderia fora.