Fórmula 1

F1: onde assistir aos treinos e à corrida do Grande Prêmio da Emília Romagna

Segundo GP da temporada da F1 promete grandes emoções na disputa pelo pódio

Da Redação 13/04/2021 • 14:52 - Atualizado em 18/04/2021 • 13:34
Fórmula 1: Onde assistir aos treinos e a corrida do Grande Prêmio da Emília Romagna
Fórmula 1: Onde assistir aos treinos e a corrida do Grande Prêmio da Emília Romagna
Fórmula 1

A Fórmula 1 volta a agitar o fim de semana esportivo na tela da Band. Está chegando o Grande Prêmio da Emília Romagna, em Ímola, na Itália, e você vai poder acompanhar dos treinos livres até a corrida.

Transmitido com exclusivamente pelo Grupo Bandeirantes com uma cobertura completa na TV aberta, no aplicativo Bandplay, no site band.com.br e na rádio BandNews FM, além de boletins e matérias especiais ao longo da programação, o Grande Prêmio da Emília Romagna promete fortes emoções.

Na primeira corrida, no Grande Prêmio do Bahrein, Lewis Hamilton levou a melhor em uma disputa emocionante com Max Verstappen, mostrando que a temporada promete ser acirrada até o final.  

Grande Prêmio da Emília Romagna (horários de Brasília)

Sexta-feira, 16, 6h - Treino Livre 1 - Bandsports

Sexta-feira, 16, 9h30 - Treino Livre 2 - Bandsports

Sábado, 17, 6h - Treino Livre 3 - Bandsports

Sábado, 17, 8h30 - Classificação - Band e Bandsports

Domingo, 18, 9h30 - Corrida - Band, Bandplay e site da Band 

Domingo, 18, 21h - VT da Corrida – Bandsports

Onde assistir?

Ao vivo na tela da Band e BandSports e online no Bandplay e no band.com.br, com a narração de Sérgio Maurício; comentários de Reginaldo Leme e Max Wilson; reportagem de Mariana Becker.

Grid:

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Mercedes), Charles Leclerc e Carlos Sainz (Ferrari), Max Verstappen e Sergio Pérez (RBR), Lando Norris e Daniel Ricciardo (McLaren), Lance Stroll e Sebastian Vettel (Aston Martin), Fernando Alonso e Esteban Ocon (Alpine), Pierre Gasly e Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Mick Schumacher e Nikita Mazepin (Haas), George Russell e Nicholas Latifi (Williams).

  • Fórmula 1
  • F1