Fórmula 1

Zhou capota após acidente na largada e provoca paralisação no GP da Inglaterra

Chinês causou preocupação, mas depois publicou uma mensagem dizendo que foi salvo pelo halo

Da redação 03/07/2022 • 11:20 - Atualizado em 03/07/2022 • 14:46

Um impressionante acidente marcou a primeira volta do Grande Prêmio da Inglaterra, neste domingo (3).

Logo após a largada, ainda na curva 1, pelo menos quatro pilotos se enroscaram: Guanyu Zhou (Alfa Romeo), George Russell (Mercedes), Pierre Gasly (AlphaTauri) e Esteban Ocon (Alpine).

A situação de Zhou gerou mais preocupação, já que o chinês capotou no acidente e passou longos minutos dentro do carro até ser retirado. À Band, a assessoria de Guanyu Zhou informou ainda durante a prova que ele estava bem.

O piloto chinês da Alfa Romeo largou da nona posição. Por volta das 11h15 (horário de Brasília), foi colocado em uma ambulância e levado para o centro médico.

“Após um acidente no início do Grande Prêmio da Inglaterra, Guanyu Zhou está consciente e agora (está) no centro médico do circuito para ser avaliado”, informou a Alfa Romeo.

Perto do fim da corrida, Zhou publicou uma foto em seu perfil no Instagram e tranquilizou os fãs. O piloto agradeceu as mensagens e disse que foi salvo pelo halo.

“Estou bem, tudo limpo. Halo me salvou hoje", publicou.

Russell, por sua vez, abandonou com danos no pneu traseiro esquerdo. Ocon, mesmo com danos, conseguiu voltar para os boxes, mas abandonou a corrida nas voltas finais.

Com o acidente, a organização da prova acionou a bandeira vermelha e as atividades foram paralisadas, com relargada às 11h56 (horário de Brasília). Os comissários informaram que não haveria investigação inicial.