Fórmula 1

Apesar de quebra e abandono, Leclerc exalta pontos positivos na Espanha

Piloto liderava corrida em Barcelona com folga, neste domingo, até carro perder potência e obrigar monegasco a abandonar

Da redação 22/05/2022 • 16:37 - Atualizado em 22/05/2022 • 16:49
Charles Leclerc é consolado por chefe da Ferrari no GP da Espanha
Charles Leclerc é consolado por chefe da Ferrari no GP da Espanha
Scuderia Ferrari

Charles Leclerc tinha a faca e o queijo na mão para vencer o GP da Espanha neste domingo. Além de liderar com folga, seu principal rival saiu da pista quando era segundo, tornando a vida do monegasco ainda mais fácil. 

Mas uma pane na Ferrari obrigou o piloto a abandonar a corrida e assistir a vitória de Verstappen. Com o resultado, Leclerc perdeu não só a corrida, mas também a liderança. Apesar disso, Charles diz tentar levar da Espanha os pontos positivos. 

“Eu ainda não sei exatamente o que aconteceu, o carro só quebrou e perdeu potência. Nesses momentos, não me resta muito a fazer a não ser ver o lado positivo, e tivemos muitos. O ritmo de classificação, de corrida e, mais importante, o gerenciamento dos pneus, que vinha sendo uma fraqueza nossa. Acho que encontramos algo nesse sentido, o que me dá confiança para o resto do ano”, analisa Leclerc. 

Apesar de conseguir enxergar o copo meio cheio, Leclerc diz que a Ferrari não pode se permitir ter novos problemas como esse no restante da temporada. 

“Por outro lado, temos que ver esse problema, pois não podemos deixar que se repita muitas vezes na temporada, então precisamos entender o que aconteceu”, desabafa.

A próxima corrida é em Mônaco, principado onde Leclerc nasceu, foi criado e onde mora até hoje. Apesar da segunda colocação na tabela e da série de azar que o monegasco vem tendo em Monte Carlo, ele acredita que um bom resultado é possível. 

"Não estou pensando nisso (em ser segundo no campeonato). Acho que o mais importante é nosso desempenho geral, e acho que estamos indo bem. Então mal posso esperar para ir para casa semana que vem. Tomara que possamos ter um ótimo resultado", diz

Leclerc, que chegou na Espanha com 19 pontos de vantagem para Verstappen, acabou deixando Barcelona com seis pontos a menos após a vitória do rival. Ambos tem encontro marcado no próximo domingo, em Mônaco.