Fórmula 1

Pierre Gasly corre o GP da Inglaterra já pensando na temporada 2023

Francês da AlphaTauri acertou renovação de contrato nos últimos dias

Da redação 29/06/2022 • 10:05
Francês da AlphaTauri acertou renovação de contrato nos últimos dias
Scuderia AlphaTauri

Pierre Gasly chega ao Grande Prêmio da Inglaterra neste final de semana com uma pressão a menos. Com o contrato renovado com a AlphaTauri para 2023, o francês já sabe onde correrá após a atual temporada da Fórmula 1.

O francês tinha contrato com a equipe originalmente até o fim de 2022 e era cotado para voltar à Red Bull, pela qual correu em 2019. No entanto, como a equipe austríaca renovou com Sergio Pérez até o fim de 2024, o francês ficou com poucas opções. Chegou a ser especulado na McLaren, mas acabou permanecendo na vaga atual.

“Estou ansioso por este final de semana em Silverstone por muitas razões, incluindo o fato de que sei que agora posso olhar para os próximos 18 meses com a equipe. Estou feliz por isso ter sido confirmado logo, porque agora temos tempo para planejar uma estratégia para construirmos e desenvolvermos o carro do ano que vem”, disse.

“Já sabemos que podemos desempenhar bem juntos, então estou convencido de que, se trabalharmos bem o resto desta temporada e desenvolvermos bem (o carro do ano que vem), não há razões para que não tenhamos uma excelente temporada 2023”, acrescentou.

Em Silverstone, Gasly tem como melhor desempenho o quarto lugar de 2019, ainda pela Red Bull. Pela AlphaTauri, conquistou um sétimo lugar em 2020, além de contabilizar em 13º lugar em 2018 (pela então Toro Rosso) e duas vezes a 11º posição, em 2020 (no GP dos 70 Anos da F1, em Silverstone) e em 2021.

A projeção para 2022 não é das mais otimistas. “É um circuito do qual eu gosto muito. É muito rápido e você tem uma sensação incrível do carro em alguns setores, particularmente na Maggotts e na Becketts. Mas vamos ver como estaremos, porque, para ser honesto, ao avaliarmos nosso carro, sabemos que falta um pouco de aerodinâmica. Podemos esperar um fim de semana que pode não ser o ideal para nós”, prevê.