Fórmula 1

Polícia liga alerta com possibilidade de invasão da pista no GP da Inglaterra

Conta da polícia de Northamptonshire, região onde fica o circuito de Silverstone, fez apelo a grupo que planeja ato

Da redação 01/07/2022 • 09:34 - Atualizado em 01/07/2022 • 09:54
Silverstone
Silverstone
F1

A polícia de Northamptonshire, região da Inglaterra onde fica o circuito de Silverstone, usou as redes sociais para alertar sobre a possibilidade de um grupo realizar um protesto no dia do GP da Inglaterra. 

Apesar de não ter ficado claro a motivação do grupo para o ato, as autoridades informam que o serviço de inteligência da polícia notificou a intenção de invasão da pista. 

“Recebemos informações confiáveis de que um grupo de manifestantes está planejando interromper o evento e possivelmente invadir a pista no dia da corrida", diz o comunicado.

A conta oficial da polícia fez um apelo para os manifestantes desistirem do ato, já que uma possível invasão à pista durante a corrida pode colocar diversas pessoas em risco. 

“Em primeiro lugar, quero apelar diretamente a este grupo de pessoas que não se coloque em risco, e também os pilotos, bem como os muitos fiscais de pista, voluntários e membros do público. Invadir uma pista de corrida é extremamente perigoso – se vocês seguirem em frente com esse plano imprudente, estarão colocando vidas em risco"

As autoridades, inclusive, estão abertas a organizar tal protesto para que ocorra de forma pacífica. 

“Protestar é, obviamente, um direito humano de todos neste país e estamos mais do que felizes em falar com vocês para ajudá-los a facilitar um protesto pacífico no circuito. Apenas pedimos que vocês não criem uma situação que coloque vidas em perigo.”

Por fim, a polícia pediu ajuda do público para avisar sobre atividades suspeitas durante o evento. 

“Por fim, gostaríamos de pedir ao público para ficarem vigilantes e nos alertar sobre qualquer coisa que durante o fim de semana de corrida que não pareça correta. Preferimos receber um aviso bem-intencionado que acaba não sendo nada, do que não receber nenhum. Se você vir ou suspeitar de algo suspeito, denuncie a um membro da polícia ou segurança”

Invasão em 2003

No GP da Inglaterra de 2003, vencido por Rubens Barrichello, a pista foi invadida pelo padre irlandês Neil Horan, o mesmo que atrapalhou Vanderlei Cordeiro na maratona dos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004. 

Além de quase ser atropelado, Horan ainda acabou indiciado pela polícia britânica, mas não está claro se foi condenado. Já no episódio de 2004, Horan foi condenado a 1 ano de prisão, mas pagou uma multa de 3 mil euros (cerca de R$ 16 mil) para sair livre