Fórmula 1

F1: Reginaldo Leme comenta calendário com 23 corridas e não descarta possibilidade de mais GPs

FIA revelou calendário para a temporada 2022 na última sexta (15)

Da Redação, com Show do Esporte 17/10/2021 • 15:59

Especialista quando o assunto é Fórmula 1 e automobilismo, Reginaldo Leme comentou no Show do Esporte sobre o aumento do número de corridas e o recorde de 23 grandes prêmios no calendário 2022 da principal categoria do automobilismo mundial.

Para Reginaldo Leme, será um calendário apertado e com muitos desafios, já que a Fórmula 1 percorre o mundo durante o ano.

“Para a Fórmula 1 é muito apertado. Não é uma Nascar, em que você corre em um país. Tudo bem que é um país continental como os Estados Unidos, mas onde cabe uma equipe ter três sedes diferentes para facilitar as viagens. Na Fórmula 1 não dá”, alertou Reginaldo Leme.  

Apesar de as 23 corridas deixarem o calendário ainda mais apertado e alguns pilotos já terem se manifestado contra a decisão, Reginaldo Leme acredita que o número ainda pode aumentar nos próximos anos.

“23 corridas, eu acho, está no limite. Mas olha, não se surpreenda se nos próximos dois anos a gente não bater em 25 corridas”, comentou Regi Leme.

Toda a temporada 2022 da Fórmula 1 vai contar com uma cobertura completa do Grupo Bandeirantes pela Band, Bandsports, Rádio Bandnews FM, Bandplay e band.com.br.