Fórmula 1

Reginaldo Leme: Verstappen sai no lucro após batida com Hamilton

Holandês foi punido pelo acidente com Hamilton em Monza, mas saiu ainda mais líder

Reginaldo Leme, para o Jornal da Band 13/09/2021 • 20:32 - Atualizado em 13/09/2021 • 20:41

A imagem do carro de Max Verstappen em cima do carro de Lewis Hamilton marcou o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, que aconteceu no último domingo (12).

Mas o acidente (veja o vídeo acima) levantou uma questão: de quem é a culpa? Ou, talvez, a pergunta mais certa fosse: existe culpado? 

Entre os próprios pilotos, a maioria disse que foi um acidente normal de corrida, mas levando em conta que o princípio que orienta o julgamento dos comissários é concluir se um dos dois poderia ter evitado o acidente.

O único ali que poderia ter evitado é Max Verstappen, inclusive porque, um pouco antes, Hamilton havia desistido da disputa para não bater. Para isso, existe um caminho paralelo, por fora da pista.

Certamente este foi um argumento que Hamilton levou para os comissários que demoraram, mas puniram o piloto da Red Bull Racing, que vai perder três posições no grid da próxima corrida, no Grande Prêmio da Rússia.

Considerando que esta era a pista de Hamilton, o lucro pelos dois terem zerado na pontuação da corrida foi de Verstappen, que com os dois pontos conquistados na classificação sprint do sábado (11), sai de Monza ainda mais líder e com uma etapa a menos a ser disputada.

Próximo encontro: Rússia, daqui a duas semanas.

  • verstappen
  • hamilton
  • f1
  • f1 na band