Fórmula 1

Verstappen brilha na chuva, supera Hamilton e vence em Emilia-Romagna; veja 5 destaques

Heptacampeão faz corrida de recuperação e termina em segundo, com Norris em terceiro

Da Redação 18/04/2021 • 12:08 - Atualizado em 19/04/2021 • 10:00
Holandês assumiu a ponta na largada e venceu a décima-primeira prova da carreira
Holandês assumiu a ponta na largada e venceu a décima-primeira prova da carreira
Divulgação/Fórmula 1

Com direito a uma largada espetacular sob chuva, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, venceu neste domingo (18) o Grande Prêmio da Emilia-Romagna de Fórmula 1. O heptacampeão mundial Lewis Hamilton, que saiu da pole, chegou a se acidentar, mas fez corrida de recuperação e terminou em segundo com a Mercedes. O compatriota Lando Norris, da McLaren, completou o pódio. 

A segunda corrida da temporada 2021 foi mais uma vez atração na tela da Band, com narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme e Max Wilson e reportagem de Mariana Becker direto da pista. Uma transmissão que fez o fã da F1 não perder nenhum detalhe - desde antes da largada até o fim da festa do pódio.

Com o resultado, Hamilton manteve a liderança do Mundial, já que fez a melhor volta da corrida e ganhou um ponto extra (ele tem 44 pontos). Segundo colocado na abertura no Bahrein, atrás do inglês, Verstappen soma 43. Confira a classificação completa aqui!

Confira os principais destaques da prova!

1: Verstappen brilha na largada, e pilotos sofrem na chuva

O começo da corrida foi tumultuado. Apesar da pista molhada, a direção da prova não declarou a condição “wet race”, que obrigaria os pilotos a largarem com pneu de chuva forte, e nem começou a prova com o safety car. Logo na volta de apresentação, Charles Leclerc (Ferrari) e Fernando Alonso (Alpine) rodaram e deram sinais do que viria pela frente.

Quando as luzes se apagaram, um agressivo Verstappen brilhou, deixando Sergio Pérez e o pole Lewis Hamilton para trás em uma disputa que danificou a asa dianteira do britânico - que reclamou em vão que foi “espremido” pelo rival. Pérez ainda cairia para quarto, sendo ultrapassado por Leclerc. Logo na volta dois, porém, Nicholas Latifi (Williams) bateu e obrigou a entrada do safety car. Na sequência, Mick Schumacher (Haas) também se acidentou.

2: Verstappen abre vantagem, mas…

A relargada do GP da Emilia-Romagna só rolou na volta sete. Hamilton chegou a pressionar Verstappen, mas logo viu o holandês abrir quase cinco segundos de vantagem nos giros seguintes. Destaque para Lando Norris (McLaren), que pulou de oitavo para quarto. Já Pérez e Sebastian Vettel (Aston Martin) sofreram punições de acréscimos de tempo no pit por irregularidades quando o safety car estava na pista. 

De volta à briga pela ponta, a vantagem de Verstappen, com pneus bem desgastados, para Hamilton foi caindo e chegou a apenas 2,5 segundos na volta 26. O holandês decidiu parar primeiro, e a Red Bull foi mais rápida que a Mercedes. Depois de o heptacampeão trocar pneus, a diferença seguiu acima de 2 segundos. 

3: Batida de Hamilton, Bottas x Russell e interrupção

Na caça a Verstappen, Hamilton se enrolou ao tentar passar um retardatário e bateu no muro na volta 32. Ele ainda assim conseguiu sair da brita de ré e evitar o abandono, retornando em oitavo. 

Mais atrás, George Russell (Williams) e Valtteri Bottas (Mercedes) bateram forte. Nada grave com os pilotos, tanto que o canadense foi tirar satisfações com o finlandês logo que saiu do carro. A sequência de acidentes, porém, obrigou a direção da prova a mostrar a bandeira vermelha e interromper a corrida por mais de 20 minutos para limpeza da pista em Ímola. 

4 - “Sorte” dos protagonistas

Hamilton teve até sorte com a bandeira vermelha, já que ele havia tomado uma volta pela cronometragem, mas todos os pilotos saíram da mesma volta na relargada - com a pista mais seca. Verstappen também deu sorte - rodou pouco antes de o safety car sair da pista. 

O holandês manteve a ponta no reinício, enquanto Norris, que já havia herdado a posição de Hamilton, passou Leclerc e assumiu o segundo lugar. Enquanto isso, Pérez, que largou da primeira fila, escapou e deixou a zona da pontuação, num domingo para esquecer. Já Hamilton passou Stroll e na volta 39 já era o sexto. Na 42, superou Ricciardo e virou quinto…

5 - Vitória de Verstappen e Hamilton x Norris

Com Verstappen sobrando e abrindo vantagem na liderança, a parte final do GP de Emilia-Romagna teve como destaque a busca do heptacampeão do mundo pelas primeiras posições. Enfileirando melhores voltas, Hamilton superou Carlos Sainz (Ferrari) na volta 51 e tomou o quarto lugar. Na volta 55, a vítima foi Leclerc. Depois, Norris até deu trabalho, mas não conseguiu segurar o heptacampeão, que tomou a posição na sexagésima das 63 voltas da corrida. 

*Classificação final do GP de Emilia-Romagna: 

*Stroll (excedeu limites da pista) e Raikkonen (infração ao safety car) acabaram punidos pelos organizadores após a prova. O canadense caiu de sétimo para oitavo com acréscimo de cinco segundos a seu tempo e perdeu a posição para Gasly. Raikkonen levou 30 segundos e despencou para décimo-terceiro. Com isso, Fernando Alonso subiu para décimo e fez o primeiro ponto no retorno à F1.  

Piloto do dia!

Com um excelente rendimento em todo o final de semana, Lando Norris foi eleito por Sérgio Mauricio, Regi, Max Wilson e Mariana Becker como o melhor piloto do GP da Emilia-Romagna. Segundo pódio do inglês na carreira. 

E quando é a próxima etapa?

A Fórmula 1 retorna no final de semana dos dias 30 de abril  e 1 e 2 de maio com o Grande Prêmio de Portugal. Tudo, é claro, com cobertura completa do Grupo Bandeirantes de Comunicação. 

  • fórmula 1
  • max verstappen
  • band
  • lewis hamilton