Esportes

Brasileiro Feminino: Corinthians vence o Palmeiras por 1 a 0 no primeiro jogo da final

Gabi Portilho faz golaço de falta no Allianz Parque e garante vantagem para o Timão na busca pelo título

Da Redação 12/09/2021 • 23:44 - Atualizado em 13/09/2021 • 00:16
Gabi Portilho foi eleita a Craque da Partida
Gabi Portilho foi eleita a Craque da Partida
Rebeca Reis e Livia Villas Boas/Staff Images Woman/CBF

O Corinthians venceu o Palmeiras por 1 a 0 neste domingo (12), no jogo de ida da final do Campeonato Brasileiro Feminino. A meio-campista Gabi Portilho fez um golaço de falta aos 21 minutos do segundo tempo a partir de uma jogada ensaiada e foi eleita a Craque da Partida. 

O clássico do futebol paulista no Allianz Parque, em São Paulo (SP), foi equilibrado e tenso: o Palmeiras brigou pelo gol da virada até o apito final da árbitra aos 52 minutos do segundo tempo, mas o Timão aproveitou melhor as oportunidades e abriu vantagem na busca pelo título.

Agora, o Corinthians precisa apenas de um empate em casa para garantir o tricampeonato. A partida de volta acontece no dia 26 de setembro (domingo), às 20h, na Neo Química Arena. Já o Verdão precisa ganhar por dois gols de diferença para conquistar o troféu inédito. Caso as Palestrinas vençam por um gol, o Brasileiro será decidido nos pênaltis.

Corinthians cresce fora de casa

O Palmeiras começou a primeira etapa da partida pressionando e atacando o Corinthians, mas o Timão abriu o placar do Derby paulista aos 26 minutos do primeiro tempo com Adriana. O gol, no entanto, foi anulado após análise do VAR. 

O visitante conseguiu crescer no jogo e a defesa do Verdão afrouxou, e Portilho encontrou espaço para fazer o único gol da noite.

Craque da partida

Em entrevista à Band após a partida, Gabi Portilho comemorou a vitória, que aproxima o Corinthians do título. “A gente trabalhou muito para chegar na final. O jogo foi duro, forte, e ainda não tem nada ganho, mas sair daqui com a vitória fora de casa é superimportante”, declarou.

Ela ainda falou sobre o título de Craque da Partida. “Feliz com mais um troféu. Isso mostra trabalho coletivo. Eu não ganharia sem as minhas companheiras”, finalizou.