Esportes

Mundial de Clubes: quais brasileiros são campeões segundo a Fifa?

Edição 2022 do torneio vai ter transmissão exclusiva da Band

João Damasceno 12/01/2022 • 13:12 - Atualizado em 12/01/2022 • 15:37
Jornal 'Gazeta' enaltece título do Palmeiras em 1951
Jornal 'Gazeta' enaltece título do Palmeiras em 1951
Twitter/Palmeiras


Os adversários provocam até hoje. Sempre que o assunto é sobre título mundial, torcedores dizem que o Palmeiras ainda não conquistou a competição organizada pela Fifa. Afinal de contas, como funciona o torneio e quais os clubes brasileiros são considerados campeões do mundo atualmente?

CAMPEÕES “ERA FIFA”

Segundo a Fifa, o torneio começou a ser disputado em 2000, com a primeira edição acontecendo no Brasil. Naquele ano, o campeão foi o Corinthians, que participou já que era o atual campeão nacional do país.

A edição seguinte aconteceu em 2005, quando outro clube brasileiro conquistou o título: o São Paulo enfrentou a equipe do Liverpool e venceu por 1 a 0, se consagrando campeão pela primeira vez segundo a Fifa.

Em 2006 o Brasil teve novamente um time sendo campeão Mundial de Clube. O Internacional enfrentou o forte Barcelona, que contava com Ronaldinho Gaúcho, mas que não foi páreo para o time gaúcho. Vitória do Colorado, 1 a 0, gol de Adriano Gabiru.

Depois disso, um clube brasileiro voltou a ser campeão mundial apenas em 2012, quando o Corinthians conquistou pela segunda vez, ao vencer o Chelsea, por 1 a 0. O gol marcado pelo atacante peruano Guerrero valeu a última conquista de um time sul-americano no torneio.

Créditos: Fifa.com

CAMPEÕES “INTERCONTINENTAIS”

Disputada desde 1960, a final “intercontinental” acontecia entre o campeão da Libertadores contra o campeão da Liga dos Campeões. Nesse formato, já houve finais com jogos únicos, jogos de ida e volta e melhor de três partidas.

O Santos foi o primeiro brasileiro a vencer. Logo de cara, o bicampeonato, conquistado em 1962/1963. Na primeira final, o Peixe venceu o Benfica-POR. No ano seguinte, a vitória veio contra o Milan-ITA.

Depois do título santista em 1963, o Brasil ficou 18 anos sem ter um clube conquistando o mundo. O tabu se encerrou em 1981, quando o Flamengo, do craque Zico, venceu o Liverpool por 3 a 0 e viu o planeta se tornar rubro-negro. 

Já em 1983, foi um clube gaúcho que entrou para a história. O Grêmio venceu o Hamburgo-ALE pelo placar de 2 a 1 e entrou para um seleto grupo de campeões mundiais.

Os dois últimos títulos mundiais conquistados por equipe brasileira no formato “intercontinental” foram do Tricolor Paulista. Sob comando de Telê Santana, o São Paulo venceu o Barcelona-ESP, em 1992, pelo placar de 2 a 1, os dois gols marcados pelo ídolo Raí. Já em 1993, a equipe brasileira foi bicampeã superando o Milan-ITA, em grande duelo que acabou em 3 a 2 para o time paulista.

Os títulos mundiais no formato “intercontinental” não são considerados pela Fifa, já que não era a entidade que organizava o torneio.

COPA RIO 1951

Pensando em criar um campeonato com participação de clubes de todo o mundo, a Confederação Brasileira de Desportos (CBD), com aval da Fifa, bateu o martelo para acontecer o torneio intercontinental. 

De início, equipes dos seis países mais bem ranqueados na Copa do Mundo de 1950 iriam participar, além dos vencedores dos estaduais de São Paulo e Rio de Janeiro.

Algumas equipes desistiram de participar, como o Tottenham (campeão inglês), Atlético de Madrid (campeão espanhol) e Rapid Viena (campeão austríaco).

O campeonato contou com a participação de oito clubes, com dois grupos:

Grupo Rio de Janeiro

  • Vasco da Gama (campeão carioca de 1950)
  • Sporting (campeão português de 1950-51)
  • Áustria Viena (campeão austríaco de 1949-50 e terceiro colocado em 1950-51)
  • Nacional (campeão uruguaio de 1950)

Grupo São Paulo

  • Palmeiras (campeão paulista de 1950)
  • Juventus (campeão italiano de 1949-50 e terceiro colocado em 1950-51)
  • Estrela Vermelha (campeão iugoslavo de 1950-51 e vencedor da Copa da Iugoslávia de 1950)
  • Nice (campeão francês de 1950-51)
  •  

Os dois primeiros de cada grupo se classificaram para as semifinais. O Verdão venceu o Vasco em uma delas e a Velha Senhora derrotou os austríacos. Nas finais, o Palmeiras venceu a primeira partida e precisou apenas de um empate no jogo da volta, por 2 a 2, para ser campeão do torneio.

Créditos: Twitter/Palmeiras

Na contagem da Fifa, no site oficial, o título não é considerado e nem está na lista dos campeões mundiais. O assunto causa muitas discussões entre torcedores e até hoje é motivo para os clubes rivais do Verdão provocarem o adversário.

MUNDIAL 2022 É NA BAND!

Com transmissão exclusiva da Band, o Palmeiras vai ter a oportunidade vencer o Mundial de Clubes organizado pela Fifa será em fevereiro, nos Emirados Árabes Unidos. A competição começa no dia 3, com a final marcada para o dia 12. 

O Verdão aguarda o vencedor entre Al Ahly-EGI e Monterrey-MEX para saber quem irá enfrentar na semifinal do torneio.

Do outro lado da chave, a equipe mais temida e favorita para chegar a final é o Chelsea-ING, que já disputou o torneio em 2012 e perdeu a final para o Corinthians.