Esportes

Colorado, pai de Rogério Ceni vira a casaca: "Não tem como não torcer pro Flamengo"

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 21/02/2021 • 15:30 - Atualizado em 21/02/2021 • 18:30
Eurydes Ceni deixou coração colorado de lado e quer ver o filho campeão brasileiro
Eurydes Ceni deixou coração colorado de lado e quer ver o filho campeão brasileiro
Reprodução

Torcedor do Internacional, mas pai de Rogério Ceni, Eurydes Ceni participou do Domingo Esportivo da Rádio Bandeirantes. Ele conversou com Milton Neves e Cláudio Zaidan e afirmou que torceria para o Flamengo no duelo decisivo entre as equipes.

“Sou colorado desde garoto. Eu graças a Deus escolhi o Inter. Mas hoje eu não tenho como não torcer para o Flamengo. Por causa da nova carreira do Rogério. Para ele se firmar como treinador, ele depende de títulos e vitórias”, afirmou Eurydes. 

“O dia que ele for treinar o Internacional a minha alegria vai ser imensurável. Eu tenho esperança que isso possa um dia acontecer”, completou. 

Com o pai de Ceni na torcida, o Flamengo derrotou o Internacional por 2 a 1 de virada no Maracanã e assumiu a liderança do Brasileirão - tem 71 pontos, contra 69 do rival. 

Com isso, o Flamengo pode ganhar o título na última rodada, contra o São Paulo, no Morumbi, justamente o palco onde Rogério Ceni fez tanto sucesso. Eurydes relembrou a saída do filho na última passagem pelo clube. 

"Tenho certeza que nenhum diretor de futebol ou a torcida pediu a saída dele como treinador. Quem tomou essa atitude foi o presidente. Eu tenho a certeza que ele ainda vai voltar ao São Paulo. Eu espero que aconteça. Tem uma história muito bonita no São Paulo" afirmou.

“Ele (Rogério) tem persistência e sei que vai resistir com as criticas. Acho que ele vai longe. Esperança, não. Tenho certeza”, concluiu o pai do treinador.

  • rogério ceni
  • eurydes ceni
  • flamengo
  • inter