Esporte

Times de menor investimento apostam na largada para chegar à semifinal no Rio

João Lidington

Times de menor investimento apostam na largada para chegar à semifinal no Rio
FFERJ/Divulgação

O Campeonato Carioca começou há pouco tempo, mas em duas rodadas já deu para ver na tela da Band que Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco não vão ganhar as vagas para a semifinal da competição apenas no nome. A concorrência aumenta com os times de menor investimento largando bem no Estadual. É precoce chamar de azarão, mas não dá para negar o bom trabalho feito pelo Audax até aqui. 

Treinado pelo técnico Júnior Lopes – filho do multicampeão Antônio Lopes –, o time de Angra dos Reis já soma 4 pontos em 9 possíveis, sendo que os seus jogos foram contra os poderosos Flamengo, Botafogo e Vasco. Ah, mas podem dizer: foi contra times alternativos! Não importa, fez a parte dele e muito bem feita. E o sucesso inicial deve-se bastante ao trio formado por Valderrama, Emerson Urso e Raphael Lopes. Olho nesta trinca aí!

No tradicional Bangu – campeão estadual de 33 e 66 – o técnico Felipe faz seu time propor o jogo e ter a bola o máximo de tempo possível. Algo pouco usual até outrora no Alvirrubro. Já o destaque individual é o atacante Luis Felipe. O jovem de 22 anos tem passagens por Boavista-RJ, Paraná e Caldense. Neste Estadual, o camisa 9 marcou 3 gols em 2 jogos na competição, atingindo sua melhor marca pessoal na carreira. Não será fácil bater o Bangu, ainda mais nos jogos de Moça Bonita.

Outro tradicional clube do Rio de Janeiro que “startou” bem no Campeonato Carioca é o Madureira. O Tricolor Suburbano ficou no 0 a 0 com Vasco e Flamengo – este último com força máxima. Dois pontos na tabela. Parece pouco, matematicamente falando, mas o setor defensivo do Madura deve ser enaltecido. Liderado pelo bom goleiro Dida, o clube localizado no berço do samba já pode ser apelidado de a Itália do Cariocão. 

A Portuguesa da Ilha ganha destaque desde a temporada passada quando chegou na terceira fase da Copa do Brasil e ficou a uma vitória do acesso para a Série C do Brasileirão. No Carioca, o super trunfo é o estádio Luso-Brasileiro e o experiente atacante Édson Cariús, de 34 anos, artilheiro pelos clubes onde passou, principalmente no Nordeste.

Dito tudo isso, arrisco dizer que não haverá a repetição das semifinais de 2022, quando o predomínio dos gigantes falou mais alto no Estado do Rio de Janeiro. Agora resta saber quem será o intruso nesta festa.

Mais notícias

Carregar mais