Esporte

Canadá denuncia racismo após estreia na Copa América contra a Argentina

Zagueiro foi atacado após uma falta em Lionel Messi

Da Redação

Canadá denuncia racismo após estreia na Copa América contra a Argentina
Agustin Marcarian / Reuters

A Associação Canadense de Futebol (CSA) denunciou um caso de racismo contra o jogador Moïse Bombito, após a partida do Canadá contra a Argentina, na abertura da Copa América, vencida pelos argentinos por 2 a 0, na noite da última quinta (21).

O zagueiro canadense sofreu com ataques racistas nas redes sociais após uma entrada dura no atacante Lionel Messi, o que motivou uma nota de repúdio da Associação Canadense de Futebol.

“A Associação Canadense de Futebol está ciente e profundamente perturbada pelos comentários racistas feitos online e dirigidos a um dos nossos jogadores da seleção masculina após o jogo desta noite. Estamos em comunicação com a Concacaf e a Conmebol sobre esse assunto", disse a CSA em comunicado divulgado após a partida.

O jogador de 24 anos, que atua pelo Colorado Rapids, também se manifestou em suas redes sociais.

“Meu lindo Canadá. Sem espaço para essa besteira”, publicou Bombito.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais