Mundial de Clubes

Abel descarta Endrick no elenco do Mundial e diz que joia "tem que ir à Disney”

Treinador do Verdão vê sensação da Copinha de 15 anos como muito jovem: "Não tenham pressa"

Da Redação, com Terceiro Tempo 23/01/2022 • 19:37 - Atualizado em 23/01/2022 • 19:51
Endrick é a sensação do Palmeiras na Copinha
Endrick é a sensação do Palmeiras na Copinha
Roberto Zacarias/Palmeiras

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, confirmou neste domingo (23) que não vai levar o atacante Endrick, sensação do clube na Copa São Paulo e nas categorias de base, no elenco do Palmeiras que vai disputar o Mundial de Clubes em Abu Dhabi, que terá transmissão exclusiva da Band entre os dias 3 e 12 de fevereiro.

“Ele tem 15 anos. Ainda é um miúdo [garoto] e eu gosto de olhar para esses jogadores e dar tempo ao tempo. Ainda ontem, por exemplo, não jogou [na semifinal da Copinha]. Eu acho muito bem esta gestão que se faz, que não sou eu que faço, são os diretores e a comissão técnica da base do Palmeiras, que tem feito um trabalho extraordinário. Não só quando eu cheguei, mas já antes e os frutos estão aí. Portanto, não tenham pressa, não tenham ansiedade. Ele, mais cedo ou mais tarde, seguramente que jogará na equipe principal. Mas, com 15 anos e, se Deus quiser e com o trabalho deles ganharem a Copinha, o que vou poder dar-lhe é uma passagem para a Disneylândia para ele e família. É o melhor que vai fazer, seguramente, para ele continuar a brincar”, disse na coletiva após a estreia oficial do time em 2022, na vitória sobre o Novorizontino, na abertura do Paulistão.

Pelas leis brasileiras, a jovem revelação só pode assinar um contrato profissional com o Palmeiras aos 16 anos, que serão completados em 21 de julho.

O Palmeiras pode inscrever 23 atletas no Mundial, e o elenco atualmente conta apenas com o recém-chegado Rafael Navarro como camisa 9 de ofício após a saída de Luiz Adriano. A lista final será enviada nesta segunda-feira (24) à Fifa.

No programa Terceiro Tempo, Velloso discordou da decisão do comandante português do Verdão. “A Disneylândia dele é o campo”, opinou.