Mundial de Clubes

Tuchel revela alívio com gol no final e valoriza título do Chelsea: "Merecido!"

Técnico alemão também elogiou Havertz, autor do gol do título mundial dos Blues sobre o Palmeiras

Vinícius Batista 12/02/2022 • 17:00 - Atualizado em 12/02/2022 • 18:42

O técnico do Chelsea, Thomas Tuchel, admitiu que ficou aliviado com o gol de Kai Havertz, de pênaltis, aos nove minutos do segundo tempo da prorrogação, que garantiu o título do Mundial de Clubes aos Blues. O treinador alemão também afirmou que sua equipe contou com sorte no final do confronto contra o Palmeiras.

“Eu fiquei muito aliviado (com o gol). No final do jogo você tem que marcar gols e também precisa de um pouco de sorte. Mas no final das contas fomos persistentes e tentamos o jogo todo. Não paramos de tentar”, disse o comandante.

“Nós não desistimos da partida. Tínhamos a liderança, acabamos perdendo essa vantagem, mas nunca paramos de atacar. Acredito que (o título) foi merecido”, terminou.

Thomas Tuchel também destacou o atacante Havertz, que fez o gol dos títulos da Liga dos Campeões e agora do Mundial de Clubes. Mesmo chamando a responsabilidade ao pedir a cobrança de pênalti, o técnico destacou que havia nervosismo sobre o jogador.

“É claro que ele estava nervoso. Na hora você não aparenta esse nervosismo, mas é claro que ele estava nervoso, até porque não tem como sentir outra coisa em um momento como esse. Mas eu estou muito feliz por ele”, comentou Tuchel.

Ao ser perguntado sobre a sua importância dentro do Chelsea, que agora completa toda a sua galeria de títulos, Tuchel reforçou que apenas é uma parte do processo.

“Eu sou apenas uma parte nisso tudo e estou feliz em ter essa oportunidade. Todos nós estávamos na expectativa de jogar uma partida tão importante e desafiadora como essa. E isso é muito especial”, completou.

Com o título do Mundial de Clubes na bagagem, o Chelsea volta as suas atenções para o Campeonato Inglês e para a Liga dos Campeões. O próximo duelo dos Blues na Premier League será no próximo sábado (19), contra o Crystal Palace. Três dias depois, a equipe de Thomas Tuchel vai defender o título da Liga dos Campeões nas oitavas de final, contra o Lille, em Stamford Bridge.