Futebol

CBF divulga áudio do VAR do pênalti para o Flamengo contra o Atlético-GO; veja

Arbitragem marcou pênalti de Maguinho em Bruno Henrique no final do segundo tempo e expulso lateral do Dragão; lance revoltou os goianos

Da Redação

Pênalti de Maguinho em Bruno Henrique marcado pela arbitragem
Pênalti de Maguinho em Bruno Henrique marcado pela arbitragem
Reprodução

A CBF divulgou na tarde desta segunda-feira (15) o áudio da conversa do VAR no pênalti marcado para o Flamengo contra o Atlético-GO na vitória do rubro-negro carioca por 2 a 1 no último domingo (14), no Serra Dourada, em Goiânia. O árbitro Andre Luiz Policarpo Bento inicialmente não marca a penalidade, mas decide assinalar a falta após rever a jogada no vídeo. Wagner Reway (Fifa) era o juiz no comando da tecnologia.

O Atlético-GO ficou revoltado com a arbitragem e divulgou uma nota oficial repudiando a atuação de Andre Luiz Policarpo Bento. O clube caracterizou as jogadas como “erros grosseiros de arbitragem que prejudicaram a integridade esportiva da partida". O presidente Adson Batista chegou a dizer que o Dragão “foi assaltado” contra o Flamengo.

"Hoje aqui foi um assalto. Uma vergonha. A máfia da arbitragem estava hoje aqui presente. Não são todos, mas o que esse cidadão de Minas Gerais veio fazer é uma vergonha. Se o Ednaldo Rodrigues não tiver moral para tomar uma atitude ele pode desistir" - Adson Batista, presidente do Atlético-GO

Confira a nota completa do Atlético-GO:

O Atlético Clube Goianiense, diante dos erros flagrantes ocorridos durante o jogo contra o Flamengo, vem por meio desta nota expressar seu mais veemente repúdio aos erros grosseiros de arbitragem que prejudicaram a integridade esportiva da partida. É inaceitável que equívocos tão evidentes comprometam o resultado de uma competição tão importante como o Campeonato Brasileiro. 

O Atlético Goianiense reafirma seu compromisso com a ética e a justiça desportiva, e não poupará esforços para que situações como estas não se repitam maculando a integridade não só dos jogos do Atlético, mas do nosso futebol. 

Ressaltamos que nosso clube continuará lutando dentro das quatro linhas, com fair play e respeito às regras do jogo. Confiamos nas instituições responsáveis por zelar pela lisura do esporte e esperamos que medidas adequadas sejam tomadas para evitar que tais equívocos voltem a acontecer. 

Reiteramos nosso respeito pelo arbitragem e por todas as equipes adversárias, e reafirmamos nosso compromisso com a busca constante pela excelência e pela lisura desportiva.

Tópicos relacionados