Esportes

Hamilton supera Verstappen e Bottas e vence fácil o GP de Portugal

Heptacampeão ultrapassou rivais e ampliou sua vantagem na dianteira do campeonato com 97º triunfo

Da Redação 02/05/2021 • 12:46 - Atualizado em 03/05/2021 • 10:00
Hamilton ultrapassa o pole Bottas no início da corrida em Portimão
Hamilton ultrapassa o pole Bottas no início da corrida em Portimão
Reprodução/Twitter/Formula 1

Largando em segundo, Hamilton fez uma corrida impecável para vencer o Grande Prêmio de Portugal, neste domingo (2). Ele chegou a cair para o terceiro posto, mas ultrapassou Verstappen e Bottas e administrou bem a corrida para, sem sustos, obter seu 97º triunfo na Fórmula 1. O holandês da Red Bull acabou em segundo e Bottas, que largou da pole, foi o terceiro.

Com a vitória tranquila do britânico, a emoção ficou para a disputa pelo ponto extra do melhor tempo nas últimas voltas. Bottas cravou a melhor marca na penúltima volta, mas Verstappen chegou a superá-la no último giro. Porém, o piloto da Red Bull ultrapassou o limite da pista no Algarve e teve a marca deletada, deixando o pontinho ao finlandês da Mercedes.

Na classificação do Mundial de pilotos, Hamilton ampliou a vantagem com mais uma vitória, chegando aos 69 pontos. Sem o ponto extra, Verstappen segue na vice-liderança, com 61. Veja aqui a classificação completa.

A transmissão na Band teve a narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme e Felipe Giaffone e reportagens de Mariana Becker, direto de Portimão.

Abaixo, veja a classificação final e os principais destaques da corrida em Portugal: 

"Fogo amigo" esquenta começo

A corrida começou a batida de Raikkonen na traseira do companheiro de Alfa Romeo Giovinazzi logo na segunda volta, causando a entrada do safety car na segunda volta por causa dos detritos de seu carro na pista. O finlandês deixou a prova. Na relargada após 5 voltas, Verstappen aproveitou para passar Lewis Hamilton e assumiu a segunda colocação. Na volta 11, o heptacampeão do mundo deu o troco no holandês. 

O voo de Hamilton

Com o carro mais rápido, Hamilton foi à caça de Bottas. Em nove voltas, passou fácil seu colega de Mercedes no final da reta principal do circuito do Algarve. Enquanto isso, Verstappen se descolava das Mercedes. Durante o fim de semana, ele já havia reclamado do desempenho de seu carro nas retas. 

A briga pela dianteira voltou a esquentar a partir da volta 36, quando Verstappen parou primeiro nos boxes. Bottas fez seu pit na volta seguinte, mas não conseguiu sustentar a posição e foi ultrapassado pro holandês da Red Bull. Logo depois, foi a vez de Hamilton, que voltou como segundo atrás de Sérgio Pérez. 

Pérez segurou a troca de pneus por 47 voltas e liderou a corrida por pouco mais de 10 voltas. Mas Hamilton, empilhando várias voltas mais rápidas, não precisou esperar o mexicano parar para tirar mais de 10 segundos de diferença na pista e reassumir a ponta na volta 51, com uma ultrapassagem tranquila para liderar até o fim e garantir mais uma vitória e ampliar sua vantagem no Mundial de pilotos.

Nova trapalhada do russo

O novato Nikita Mazepin voltou a aprontar. Depois das rodadas nas primeiras etapas, o piloto da Haas não tirou o pé para a passagem do então líder Sérgio Pérez, que teve que fritar seus pneus para não causar um acidente. Mazepin acabou punido com 5s no pit, terminando em último.

Alonso pontua

Largando da 13ª posição, o espanhol bicampeão do mundo fez boa corrida e acabou em oitavo. Esteban Ocon também foi bem com a outra Alpine e ficou um posto à frente do companheiro.

Piloto do dia

A equipe da Band elegeu Lewis Hamilton como o melhor piloto do domingo, com  votos de Sérgio Maurício, Reginaldo Leme e Felipe Giaffone. Mariana Becker elegeu Ricciardo, que saiu de 16º e terminou no nono posto.

Próxima etapa

Já tem Fórmula 1 na próxima semana. As equipes atravessam a fronteira para o Grande Prêmio da Espanha, no circuito da Catalunha, no próximo domingo (9). A Band e o BandSports transmitem os treinos livres a partir de sexta (7).

  • Fórmula 1
  • GP de Portugal
  • hamilton