Jogo Aberto

"Árbitro podia ter dado esse pênalti", diz Denílson sobre lance em Majestoso

No primeiro tempo, bola bate na mão de Renato Augusto, mas São Paulo não teve pênalti marcado

Da redação, com Jogo Aberto 23/05/2022 • 12:27
"Árbitro podia ter dado esse pênalti", diz Denílson sobre lance em Majestoso
"Árbitro podia ter dado esse pênalti", diz Denílson sobre lance em Majestoso
Reprodução/Globo

Corinthians e São Paulo ficaram apenas no empate em 1 a 1, no Majestoso do último domingo, 22, pela sétima rodada do Brasileirão. No entanto, partida foi marcada por algumas polêmicas e uma delas seria um suposto pênalti não dado para os Tricolores.

No primeiro tempo, a bola bateu na mão de Renato Augusto, do Corinthians, e pênalti foi muito pedido, no entanto, o árbitro da partida Wilton Pereira analisou o lance e não achou que merecia penalidade, VAR checou e concordou com o juiz.

Denílson, comentarista do Jogo Aberto, disse que o árbitro podia ter marcado o pênalti, já que Renato Augusto espalmou a bola quando caiu.

“Achei que o árbitro poderia ter dado esse pênalti. A minha dúvida é se o Léo não empurra o Renato Augusto antes, mas isso seria analisado se ele tivesse marcado a penalidade. Na queda, o Renato Augusto espalma a bola porque ele não faz o gesto de proteger o rosto e nem de tentar tirar a mão”, disse.

Calleri, jogador do São Paulo, afirmou que lance era para pênalti e que a modalidade é futebol, não vôlei.