Jogo Aberto

123! Denílson sofre com zoeira e detona atuação do Palmeiras contra Corinthians

Verdão perdeu por 2 a 1 para o Timão em atuação de gala do camisa 123 Roger Guedes

Da Redação, com Jogo Aberto 27/09/2021 • 12:44 - Atualizado em 27/09/2021 • 13:54

Denílson não teve vida fácil no Jogo Aberto nesta segunda-feira (27), justamente o dia em que retornou ao programa após uma semana afastado. O motivo, é claro, foi a derrota por 2 a 1 do Palmeiras para o Corinthians no dérbi do último sábado pelo Brasileirão.

O comentarista sofreu com mensagens especiais de espectadores alvinegros, com frases do tipo “fica triste não" e "chora não, Dedê”. “Estamos pensando na Libertadores”, rebateu, antes de aceitar as brincadeiras e admitir que o Verdão deixou a desejar na Neo Química Arena.

“Se perde do Atlético-MG e não chega à final (da Libertadores) todo mundo lembra desse clássico e vem uma semana bem complicada. O Palmeiras não fez um bom jogo. Patrick de Paula irreconhecível no primeiro tempo”, criticou Denílson. 

“O time pode estar com a cabeça no jogo mais importante da temporada até aqui, mas o desempenho poderia ter sido melhor. Em nenhum momento eu senti o Palmeiras confortável no jogo, enquanto o Corinthians foi competitivo e mostra que vai dar trabalho com os quatro reforços (Giuliano, Renato Augusto, Willian e Roger Guedes, escalados pela primeira vez juntos)”, completou. 

A agonia de Denílson ainda continuaria com a chegada de Ronaldo Giovaneli ao estúdio usando uma máscara de Roger Guedes e o número 123 (camisa do autor dos dois gols do Timão no clássico). “123: dois gols de Guedes mais um pelo título das meninas”, provocou o ídolo alvinegro, citando a vitória contra o Palmeiras também na final do Brasileirão Feminino neste final de semana. 

“Agora estão falando de ‘Pep’ Sylvinho. Ninguém nunca criticou esse menino. Pintou o campeão. Meu Deus”, disparou Ronaldo. Renata Fan, menos “eufórica”, também defendeu o treinador. “Sofreu uma pressão injusta antes mesmo de usar os quatro reforços e agora dá uma resposta em um clássico. Não havia momento melhor”, disse a apresentadora.

  • jogo aberto
  • corinthians
  • palmeiras
  • denílson
  • ronaldo