Jogo Aberto

Denílson defende multa do Palmeiras e critica “irresponsabilidade” de Luiz Adriano

Após testar positivo para Covid, atacante se envolveu em acidente na saída de um shopping

Da Redação, com Jogo Aberto 07/04/2021 • 12:46 - Atualizado em 08/04/2021 • 10:20

Afastado do Palmeiras após testar positivo para a Covid-19, Luiz Adriano vai ser multado pelo clube depois de ter descumprido o protocolo e furado a quarentena. O atacante se envolveu em um acidente na última segunda-feira (05) na saída de um shopping próximo ao Allianz Parque - ele atropelou um ciclista, que passa bem. 

Em postagem nas redes sociais, Luiz Adriano reconheceu que errou, alegou que só foi ao local levar a mãe ao mercado e que estava de máscara a todo momento, mas que não poderia ter deixado de prestar socorro à vítima. O posicionamento não convenceu os participantes do Jogo Aberto, que criticaram a conduta do atleta. 

“Acho justa a punição (do Palmeiras em multar o jogador). Respeito o Luiz Adriano, mas foi uma irresponsabilidade. Num passado bem recente falamos do Gabigol, do protocolo, da importância de se cuidar... Poderia ter sido evitado por ele e até pela mãe dele”, disse Denílson. 

“A gente fala tanto dos protocolos, aí o Ministério Público vem e para o futebol. Por que não dá? Porque os jogadores têm que se conscientizar que são parte importante do processo, não só no gramado, no CT, na concentração, mas do jeito que conduzem a vida. Era para ficar em casa, cumprir a quarentena, seguro, sem contato. E o Luiz Adriano pega o carro, vai ao shopping, se envolve em um acidente com o pedestre e a mãe dele ao lado dele no carro ainda. Tudo errado”, lamentou Renata Fan. 

Edílson também criticou Luiz Adriano e disse que o artilheiro alviverde deu um mau exemplo. “Confesso que fiquei triste e preocupado com essa notícia. Na minha carreira errei muito, briguei com treinador, com jogador, era marrento. Mas esse tipo de erro hoje é inadmissível. Tá envolvendo a segurança de outras pessoas, inclusive a mãe dele. Acho que não teria necessidade disso. Ele tem dinheiro. Botasse um motorista ou chamasse um serviço de entrega”, afirmou.

  • luiz adriano
  • denílson
  • renata fan
  • jogo aberto