Jogo Aberto

Destaque da Copinha, Giovani revela inspiração em ídolo do Palmeiras

Atacante de 18 anos participou do Jogo Aberto e falou sobre o título inédito na base

Da Redação, com Jogo Aberto 26/01/2022 • 12:18 - Atualizado em 26/01/2022 • 12:48

Um dos destaques do Palmeiras na conquista inédita da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o atacante Giovani participou do Jogo Aberto desta quarta-feira (26) e citou o companheiro de equipe Dudu entre os jogadores com os quais se espelha no futebol. 

“Tem muitos jogadores que eu gosto de assistir e que me encantam. Dos que tenho mais próximo e que posso conviver é o Dudu. É fácil jogar com ele e é um cara que me ajuda bastante. Não só ele, mas todos do profissional são do bem e ajudam quem está subindo da base”, disse. 

“Na Europa gosto muito do Mahrez (Manchester City), do Ziyech (Chelsea), do Salah (Liverpool) e sou muito fã do Messi (PSG), porque não tem como não ser. O Denílson não vi muito, mas assisto aos vídeos e era craque demais”, completou, brincando com o comentarista do programa. 

Giovani tem 18 anos e foi aproveitado pela primeira vez entre os profissionais em 2020 - no total, ele soma 14 jogos no time principal, com um gol e uma assistência. Já na Copinha, o habilidoso ponta-direita balançou as redes quatro vezes, inclusive na final contra o Santos. 

“Graças a Deus conseguimos conquistar este título tão esperado da Copa São Paulo, que a torcida e esse clube maravilhoso mereciam há muito tempo”, afirmou. “Todo jogador sonha desde criança em estar no profissional, fazer gol e ganhar títulos. Vamos treinar com o time principal no início do Paulista, e depois não definiu ainda. Estou mais tranquilo, mais maduro e mais preparado”, comentou. 

Enquanto aguarda mais chances no time profissional do Verdão, Giovani estará na torcida pela equipe na disputa do Mundial de Clubes, que acontece entre os dias 3 e 12 de fevereiro e tem transmissão exclusiva da Band. 

“Deus é maravilhoso e deu essa segunda oportunidade seguida ao Palmeiras de conquistar este título. Falam do Chelsea, mas é preciso pensar primeiro na semifinal e depois no Chelsea para ser campeão. Mas vejo o Palmeiras com muitas chances de ser bicampeão do mundo”, concluiu.