Jogo Aberto

Jogo Aberto debate racismo na Espanha e nova expulsão de Neymar

Diakhaby deixou o campo após denunciar insulto, enquanto brasileiro se envolveu mais uma confusão

Da Redação, com Jogo Aberto 05/04/2021 • 13:08 - Atualizado em 05/04/2021 • 13:14

O Jogo Aberto desta segunda-feira (05) repercutiu dois episódios do futebol europeu que deram o que falar no final de semana. Na Espanha, o zagueiro Diakhaby, do Valencia, acusou Cala, do Cádiz, de insulto racista e deixou o campo em protesto - o time dele acabaria perdendo por 2 a 1.

“Neste caso o placar não diz nada. É uma pena ver esse tipo de coisa. Tem pessoas que não escondem a raiva do diferente. É muita gente, não só no futebol. Precisaria aumentar a punição, não sei. Mas quando está nos valores da pessoa, fica difícil”, disse Renata Fan.

“E ainda vi algumas pessoas falando em calor do jogo. Mas esse tipo de comportamento independe disso. Achei muito legal a decisão do Diakhaby. Já disse por aqui que tenho nojo desse tipo de ação e foi uma reação justa. É vergonhoso ainda estarmos discutindo isso”, completou Denílson. 

Já na França, uma nova expulsão de Neymar, agora após confusão com Djalo, do Lille, roubou a cena. O PSG acabou perdendo a partida por 1 a 0 e foi ultrapassado na liderança do campeonato. “Nos últimos 14 jogos, são três expulsões. Muita coisa, ainda mais para um atacante. Precisa pensar um pouco. As lesões já o atrapalham. Não dá para ser expulso com frequência”, disse Renata. 

“Acho que o Neymar tem que rever este tipo de comportamento e evitar a confusão. Mas claro que em algum momento o jogador perde a cabeça. O Cristiano Ronaldo mesmo foi muito criticado recentemente por jogar a faixa de capitão no chão”, lembrou Denílson.

Assista:

  • jogo aberto
  • neymar
  • renta fan
  • denílson