Jogo Aberto

"Molecada que dá orgulho": Jogo Aberto repercute vitória do Santos na Libertadores

Repleto de jovens, Peixe não se intimidou contra o San Lorenzo e encaminhou vaga na fase de grupos

Da Redação, com Jogo Aberto 07/04/2021 • 18:00

Renata Fan e Denílson Show comentaram no Jogo Aberto desta quarta-feira (07) a vitória do Santos por 3 a 1 diante do San Lorenzo, pela Libertadores. Autor do terceiro gol, Ângelo, de 16 anos, se tornou o mais jovem a marcar na história do torneio, enquanto outros jogadores menos experientes, como Lucas Braga, Marcos Leonardo e Gabriel Pirani, também deram conta do recado na Argentina. 

“Fiquei orgulhoso porque não é fácil a molecada assumir a responsabilidade como vem assumindo desde os tempos do Cuca e agora com o Holan. E já deu pra ver um pouco a mão do treinador. Nos primeiros jogos o time tava meio perdido, não ficou muito com a bola, mas ontem deu para ver este comprometimento dos jogadores e aquele espírito de Libertadores”, disse Denílson. 

Renata classificou Lucas Braga, autor do primeiro gol, como o melhor em campo e destacou o resultado que permite ao Peixe até perder por um gol de diferença no jogo de volta, em Brasília. “Me pareceu um time bem treinado, bem organizado e já com uma disposição tática um pouco diferente”, afirmou a apresentadora, acrescentando que o time brasileiro estava sem jogar há algum tempo por conta da paralisação do futebol paulista. 

“Achei que poderia atrapalhar a questão do ritmo porque o Santos não estava jogando e o San Lorenzo estava. Mas quem viu o jogo ontem nem percebeu que o Santos tava sem jogar o Paulista. Um ritmo interessante, equilibrado na defesa, com ligação rápida em velocidade. E aquela molecada ligada. Tirando Marinho, era só garoto na frente”, reforçou Denílson. 

  • santos
  • jogo aberto
  • san lorenzo
  • libertadores