Jogo Aberto

“Arbitragem acertou”: Jogo Aberto discute polêmica com VAR em Cruzeiro x Operário

Partida ficou paralisada por 13 minutos até gol de Marcelo Moreno ser anulado

Da Redação, com Jogo Aberto 17/09/2021 • 12:26 - Atualizado em 17/09/2021 • 12:43

O Jogo Aberto desta sexta-feira (17) repercutiu uma polêmica que marcou o empate por 1 a 1 entre Cruzeiro e Operário pela Série B. Aos 52 minutos da etapa final, Marcelo Moreno fez o gol que seria o da vitória celeste se Rodrigo Dalonso e o VAR não apontassem toque no braço de Marco Antônio após uma análise de 13 minutos. 

“Depois veio uma imagem que mostra que o jogador do Cruzeiro conduziu com o braço e levou vantagem. A decisão foi acertada. Mas o problema é como tudo aconteceu, com 13 minutos de paralisação, Luxemburgo sendo expulso, jogadores inconformados... A transmissão não mostrava uma imagem conclusiva, mas depois ela apareceu. Entendo a bronca do Cruzeiro, a briga para subir, mas não foi uma decisão errada”, opinou Renata Fan. 

Ronaldo Giovaneli seguiu linha parecida à apresentadora. “Cada jogo é uma final para o Cruzeiro a partir de agora. Mas que houve o toque, houve. O problema é esta demora mesmo com todo o aparato disponível. Deu tempo para todo mundo discordar, concordar, falar o que a TV falou e fazer aquela feira toda”, lamentou o comentarista. 

O empate deixou a Raposa na décima-segunda colocação da Segundona, com 30 pontos, a 11 da zona do acesso.

  • Futebol
  • Esportes
  • jogoaberto