Jogo Aberto

Renata Fan valoriza goleada do Corinthians sobre o Santos: "Podia ser mais"

Timão venceu o Peixe e abriu larga vantagem para decisão no segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil

Da redação, com Jogo Aberto 23/06/2022 • 12:07 - Atualizado em 23/06/2022 • 16:14

Na NeoQuímica Arena, Corinthians e Santos se enfrentaram pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, na noite da última quarta-feira, 22. O Timão levou a melhor ao golear os visitantes por 4 a 0, com gols de Giuliano (duas vezes), Mantuan e Raúl Gustavo.

Renata Fan e Denílson destacaram a vitória do Corinthians e a apresentadora ressaltou que o placar podia ser ainda mais elástico. Além da qualidade de jogo, o Timão ainda teve parte do jogo com um atleta a mais, após expulsão de Zanocelo.

“4 gols do Corinthians e poderia ter sido mais. O Timão teve volume, produção ofensiva, defensivamente seguro em um jogo que beirou a perfeição”, afirmou a apresentadora.

Denílson afirmou que o Santos fez uma das piores partidas da temporada e ressaltou que o Timão teve muita liberdade durante o jogo. 

“Corinthians teve uma liberdade para jogar impressionante, óbvio que ajuda muito jogar em casa. Ontem, fez um jogo beirando a perfeição, a liberdade que o Corinthians encontrou de um frágil Santos, tenho certeza de que os jogadores do Santos estão com muita vergonha do que eles fizeram ontem, eu não lembro de nenhum momento em que eles tiraram o Corinthians da zona de conforto”, disse.

Ele destacou ainda que o time ao se identificar como mais fraco que o adversário, deve se esforçar mais fisicamente.

“Em um confronto desse tamanho, você tem que pelo menos dificultar as ações do adversário, se você se sente tecnicamente inferior é preciso se doar um pouco mais na questão física e diminuir um pouco o espaço”, finalizou.

Resultado deixa o Corinthians confiante para o jogo de volta que acontece em 13 de julho, na Vila Belmiro. afinal o Santos precisa vencer por 5 gols de diferença ou mais para avançar, ou de 4 gols para levar a decisão aos pênaltis.