Jogo Aberto

“Vergonhoso”: Renata e Denílson criticam demora do VAR em vitória do Timão

Arbitragem levou oito minutos para analisar possível pênalti para o Ituano

Da Redação, com Jogo Aberto 19/04/2021 • 13:12 - Atualizado em 19/04/2021 • 13:13

Depois de dois tropeços seguidos, o Corinthians venceu o Ituano por 2 a 0 em jogo marcado por uma confusão da arbitragem: Edina Alves Batista levou oito minutos para decidir cancelar com o auxílio do VAR um pênalti assinalado para o Ituano no segundo tempo, após disputa entre Jemerson e Gabriel Taliari na área. 

“Foi tanta demora que primeiro achei que ela tava vendo o pé alto, depois se houve toque de mão… Acho que no fim das contas acertou em não marcar, mas não dá para demorar tanto, depois de tanto tempo de VAR no Brasil. A Edina errou no jogo entre São Paulo e Novorizontino e talvez essa pressão tenha feito ela prolongar a decisão para evitar um novo erro”, analisou Renata Fan no Jogo Aberto desta segunda-feira (19). 

“Foi vergonhoso. Quase dois anos de VAR no Brasil, já teve tempo suficiente para ajustar a questão do tempo. A Band transmite o Alemão e o Italiano e algumas decisões levam menos de um minuto. Como pode levar oito minutos num lance como este, que nem achei tão difícil, e ainda uma árbitra experiente?”, questionou Denílson.  

Sobre a atuação corintiana, o comentarista destacou os autores dos gols, Otero e Jô. “Acho que o Otero não se esconde mesmo quando está mal. Ele erra muito porque sempre tenta participar do jogo, enquanto tem jogador que se esconde. Não é o caso dele”, disse Denílson. “E o Jô precisava do gol para ganhar confiança. Ainda acho que ele é importante como referência na área para os jogadores de lado”.

  • renata fan
  • denílson
  • jogo aberto
  • corinthians